Paixão Côrtes é homenageado na 1ª Invernada Farroupilha
capa

Paixão Côrtes é homenageado na 1ª Invernada Farroupilha

Evento reuniu tradicionalistas em Porto Alegre, neste domingo

Por
Heron Vidal

Evento no Araújo Vianna homenageou Paixão Côrtes

publicidade

Uma bela homenagem ao folclorista Paixão Côrtes foi prestada ao final da tarde deste domingo no auditório Araújo Vianna, ampliando a integração de Porto Alegre às celebrações da Semana Farroupilha. Centenas de pessoas prestigiaram a 1ª Invernada Farroupilha - Paixão Côrtes 2018 - Mostra de Dança, na qual 10 grupos de dança de Centros de Tradição Gaúcha (CTGs) arrancaram fortes aplausos do público.

Integrantes jovens de grupos de dança destacaram a importância do homenageado. Do CTG Vaqueanos da Tradição (Porto Alegre), Luis Felipe Mattana lembra Paixão como aquele que "nos ensinou a nossa tradição". Seu colega Guilherme Bersagui, acrescentou que "sem Paixão não haveria invernada cultural gaúcha, pois foi ele quem pesquisou", e Elisiane Duarte concluiu: "Paixão resume a cultura artística gaúcha".

Para o secretário municipal da Cultura, Luciano Alabarse, a 1ª Invernada inclui a Semana Farroupilha na agenda cultural oficial de Porto Alegre. A cidade, observou, se soma a todas as manifestações culturais das tradições gaúchas. O coordenador do Centro Municipal da Dança, da secretaria da Cultura, Airton Tomazzoni, falou da importância de se usar um equipamento público de qualidade, como o auditório Araújo Vianna, para se reunir as gerações em torno da cultura gaúcha.

A saudação a Paixão na 1ª Invernada, na avaliação do apresentador, diretor do Instituto Estadual de Artes Cênicas, da secretaria estadual da Cultura, Clóvis Rocha, é um tributo merecido a "um ícone da tradição que conseguiu resgatar, junto com Barbosa Lessa, o mito do ser gaúcho". A leveza, graça, alto nível técnico e entrosamento nas danças apresentadas transformaram o evento num espetáculo visual e cênico que emocionou e levou muitas pessoas às lágrimas.

Compareceram ao auditório grupos de dança mirim, adultos e veteranos dos municípios, além de Porto Alegre e Gravataí, de Campo Bom, Farroupilha, Canoas, São Leopoldo e Osório. Diversos estilos de dança foram apresentados, como a chimarrita, chula, pezinho, cana-verde, xote, balaio e rancheira. A apresentação foi gratuita ao público.