Cine Rock Show
capa

Cine Rock Show

Seis bandas gaúchas fazem show nesta quinta-feira no Castelo Joy Storm Pub

Por
Chico Izidro

Veneno Ice é uma das presenças no show de quinta-feira

publicidade

Nesta quinta-feira, a partir das 20h, o Castelo Joy Storm Pub, na Avenida Otto Niemeyer, 1089, na zona sul de Porto Alegre, recebe Dall, MarcoZero, Matheus Corrêa, Eletroválvulas, Veneno Ice e Eletroacordes. A apresentação será uma mistura de produção audiovisual e som ao vivo em show coletivo, exibindo as novidades do que é concebido aqui na terrinha.

As bandas e artistas apresentam ao vivo os vídeos e lançamentos mostrados em 2019. Reunindo novas e antigas parcerias, artistas e bandas concentram vários gêneros musicais, sobretudo, no estilo rock.

As atrações:
Matheu Corrêa
"Meu Black é Rock" é o álbum de estreia do guitarrista Matheu Corrêa. Uma pegada rock com referências da música negra como o blues e o funk soul, o álbum possui dez faixas e conta com participação de Tonho Crocco, Edu Meirelles, Murilo Moura (Muralha Trio), Lucas Brunnet (Bibiana Petek), Vitor Lipp (Jardim De Lótus), Edu Do Nascimento (Giba Giba), Felipe Bonilha (Yesomar).

Eletroválvulas
Power Trio de Porto Alegre formado em 2015, segue no embalo dos seus hard blues rocks autorais com refrões marcantes e letras desembaraçadas. A banda tem clipe do seu single “Mary Anne”, além do recente lançamento “A Palavra, a Pólvora e o Ouro”. Formado por Eduardo Pakulski Saleh (Vocal e Guitarra), Daniel Dutra Cançado (Bateria) e Vinicius Barbosa (Baixo e Backing Vocal).

Eletroacordes
O quarteto, que atua há mais de 10 anos nos pagos gaúchos, transcende pela música eclética – sem rótulos, receitas prontas ou jargões pré-fabricados – plugada nas origens do blues, jazz, pop rock psicodélico e anos 1970. Com Luis Tissot (guitarra), Rodrigo Vizzotto (vocal/violão), Mateus Melo (bateria) e Marcelo Bacci (baixo). Com cinco clipes roteirizados e lançando o terceiro EP em novembro.

Veneno Ice
Formada no final 2014, tem a expressão do melhor do rock autoral, com personalidade e uma pitada irreverente em canções clássicas executadas com maestria. Com Jonathas Lemos (vocal e violão), João Carlos da Silva (guitarra solo), Nill Moreira (baixo e voz) e Diego Freitas (bateria).

Dall
Com uma combinação de rock, reggae, funk, pop e experimentalismo, transpassada por guitarras ostensivas e swingadas, contratempos, diferentes vozes, samples e sopros, entre outros elementos musicais, a Dall é um projeto autoral multiforme, mas único em essência. Com mais de um ano e meio de atuação e um EP e dois videoclipes lançados, a banda soma 20 mil ouvintes mensais nas plataformas digitais. Os integrantes estão atualmente trabalhando em um novo EP para lançar no final de 2019. Componentes: Rodolfo Deon (guitarra, vocal, samples), Neni Hx (guitarra, baixo, vocal, teclado) e Felipe Teixeira (bateria).

MarcoZero
O músico e cineasta Marco Prates porto-alegrense dá vazão aos seus sentimentos através da voz do seu “alter ego” Marcozero. Essa voz, que desde 2007, expressa temas mais sensíveis dá vida do nosso interlocutor. As canções abordam sentimentos densos, alguns mais intimistas, outros reflexivos, geralmente as canções são sobre relacionamentos de diversas formas. Em 2019 Marcozero lança seu sexto álbum, intitulado “Recomeçar”, com 14 faixas que alternam entre riffs pesados de guitarra e suaves acordes de violão.

A primeira edição aconteceu de forma experimental em setembro com a banda Eletroacordes, com o lançamento do curta-metragem/Mini-Doc "Aquele Beijo". O sucesso do evento despertou interesse de outros artistas, o que acabou culminado no show coletivo, com programação continuada e de forma itinerante em 2020 também em outros bares.

Leia os demais posts do blog

Curta o Cena Rock também no Facebook e no Instagram