Eloy Fritsch

Eloy Fritsch

Tecladista de Rock Progressivo ganha Prêmio Açorianos de Melhor Instrumentista

Chico Izidro

Fritsch toca teclado desde 1983 quando criou com amigos a banda de Rock Progressivo Apocalypse

publicidade

O tecladista de Rock Progressivo Eloy Fritsch recebeu na segunda-feira passada, dia 22 de novembro, exatamente na data em que se celebra o Dia do Músico, o prêmio de Melhor Instrumentista do Prêmio Açorianos de Música 2021. O evento foi realizado na Cinemateca Capitólio, com todos os protocolos de segurança e prevenção da pandemia da Covid-19, e contou com a presença da Banda Municipal de Porto Alegre e foi apresentado pelo coordenador de música do município Elton Saldanha. 

Eloy também concorreu na categoria de Melhor Compositor e com “Moment in Paradise”, seu 14º trabalho solo, como Melhor Álbum no Gênero Pop.“Eu sempre me considerei mais um compositor do que um instrumentista. Mas o álbum “Moment in Paradise” tem um toque mais virtuosístico e que exige técnica na execução. É um disco em que usei mais sons acústicos e me dediquei a vários solos no teclado. Estou feliz por receber esse prêmio”, vibrou o músico, em sua segunda conquista.

O primeiro prêmio de melhor instrumentista veio em 1989, quando a banda Apocalypse se apresentou no Festpop, na cidade de Encantado. Naquela ocasião, Eloy Fritsch  conquistou o troféu após a interpretação da música “Virada do Século”. 

Fritsch toca teclado desde 1983 quando criou com amigos em Caxias do Sul a banda de Rock Progressivo Apocalypse. Inspirados por grupos que usavam o teclado no Rock como Yes, Pink Floyd, Rush, ELP, Genesis e Queen começaram a compor suas próprias músicas.

 

Ouça o álbum “Moment in Paradise”no Youtube:

https://bit.ly/3CjTU3P

 

Ouça o álbum “Moment in Paradise” no Spotify:

https://open.spotify.com/album/12n6RN1JhVTyBcGaRpgCQq

 

Leia os demais posts do blog

Curta o Cena Rock também no Facebook e no Instagram 

 

 

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895