M-19
capa

M-19

Novo álbum celebra 30 anos de Thrash Metal

Por
Chico Izidro

M-19 comemorou 30 anos de carreira em 2019

publicidade

A banda gaúcha M-19 completou no ano passado 30 anos de vida e aproveitou a data para lançar o excelente disco “Sic Semper Tyrannis”. 

O grupo sempre focou no Thrash Metal de uma forma intensa e agressiva, tendo como principais influências Slayer, Destruction, Kreator e Sepultura. No ano de seu surgimento, 1989, a M-19 lançou a primeira demo-tape, intitulada "Manifest Of Insanity".

Em 1992, participou da histórica coletânea em vinil "Thrash, Heavy And Loud", com a música "Roots Of Wrath". A segunda demo-tape foi gravada em 1994, intitulada "When A Promise Is Broken", que proporcionou a participação na coletânea "Garimpo", produzida pela gravadora Paradoxx, com a faixa "Crying Out", no ano de 1996.

Ainda na década de 1990, o grupo realizou diversos shows importantes no Rio Grande do Sul e em São Paulo, dividindo o palco com bandas como Ajna e Siegrid Ingrid em locais como Aeroanta e Cathedral. Esta fase inicial é relembrada pelo baixista e vocalista Wilmar Filho como uma “época de descobertas e de profunda interação com o que acontecia no restante do Brasil e no mundo”, com o músico citando os shows em Porto Alegre e São Paulo como algo único: “Os shows realizados em Porto Alegre e São Paulo naquela época eram mágicos, era possível sentir a energia no ar, afinal, estava tudo começando, era perceptível o que o público queria e aquilo que a banda entregava era exatamente o que a época pedia. E foi isso exatamente o que senti no Jurassic Thrash Meeting, festival que rolou em dezembro de 2019 em Porto Alegre com Panic, Leviaethan e Sacrario”.

No ano de 2000, as atividades são suspensas por tempo indeterminado e foi somente após um hiato de 11 anos que a M-19 retornou aos ensaios, no início de 2011, começando o processo de composição de novas músicas. A banda entrou no Estúdio Hurricane no mesmo ano e iniciou a gravação de seu full length com o renomado produtor Sebastian Carsin.

De acordo com Wilmar, o retorno da banda se deu por vários motivos, um deles foi a vontade de tocar Thrash Metal novamente: “Nestes cerca de 11 anos em que a banda ficou parada, fui acompanhando o que rolava no estilo, suas mudanças e bandas que estavam surgindo, então a partir daí surgiu a necessidade de voltar aos palcos e estúdios, e creio que na mesma época várias  bandas da década de 1980 e 1990 tiveram o mesmo sentimento. Desde então já foram lançados dois discos e o sangue nos olhos continua intacto!”.

Em setembro de 2013, a M-19 lançou o seu primeiro CD, intitulado “Mission: Destroy”, contendo onze músicas, dentre as quais se destacaram "Southern Brave", "I Kill for God" e "171", esta última sendo tema da gravação de um videoclipe, lançado em outubro de 2014.

“Mission: Destroy” levou a banda para vários shows pelo Rio Grande do Sul, tendo, ainda, a oportunidade de se apresentar em Minas Gerais e em Santa Catarina no festival Otacílio Rock Festival. Nesse giro, a M-19 dividiu o palco com bandas como Havok, Drowned, Nervochaos, Leviaethan, Aneurose e Sacrário.

O quarteto, formado por Wilmar Filho (baixo/vocal), Jr. Vives e Rógenes Morais (guitarras) e Rafael M. Kniest (bateria), também está divulgando o videoclipe para a música “There Are No Murderers in Paradise”, produzido pela Chama Video Independente. “Sic Semper Tyrannis” foi lançado em parceria com os selos Cianeto, Som de Peso, EZR e Estúdio Hurricane.

Assista ao videoclipe de “There Are No Murderers in Paradise”: https://youtu.be/M9MRESqq6PQ

Contatos:

Facebook: https://www.facebook.com/M19ThrashMetal

Instagram: https://www.instagram.com/m19_thrash_metal

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Leia os demais posts do blog

Curta o Cena Rock também no Facebook e no Instagram