Educadora física lança campanha para levar projeto a mulheres em vulnerabilidade

Educadora física lança campanha para levar projeto a mulheres em vulnerabilidade

Ação segue até o dia 20 de setembro e vai atender coletivo de mulheres do bairro Restinga

Lou Cardoso

Márcia lançou campanha para realizar a etapa Itinerante-Híbrida do Menopausa Sem Vergonha

publicidade

A educadora física Márcia Selister lançou uma campanha para levar o projeto Menopausa Sem Vergonha a mulheres em vulnerabilidade social. Segundo ela, a  ideia surgiu a partir de uma pesquisa com 200 mulheres, entre 18 e 84 anos, onde a falta de informações confiáveis sobre climatério, menopausa e suas características, foi o item mais relatado. 

Com o propósito de levar este conhecimento ao maior número de mulheres possível, principalmente para a periferia, onde se verificou maior dificuldade de chegarem estas informações, Márcia idealizou o Menopausa Sem Vergonha Itinerante-Híbrido, que vai acontecer no bairro Restinga, em Porto Alegre, através de um financiamento coletivo disponível na plataforma Benfeitoria, com recompensas como aulas de yoga, meditações guiadas, ecobag do projeto e várias opções de colaboração. 

"As mulheres sofrem nesse período da vida e muito desse sofrimento pode diminuir ou mesmo desaparecer com informações simples de cuidados básicos. Nossas lives, com profissionais da área da saúde da mulher, fazem a diferença na vida de muitas e de seus pares. O canal aberto de diálogo que temos com as mulheres, ouvindo suas dores em depoimentos emocionantes, nos faz perceber bem esse problema da desinformação, da falta de atenção e acolhimento", observou.

A campanha segue até o dia 20 de setembro e vai atender o Grupo Marias, coletivo de mulheres do bairro Restinga acompanhado pela psicopedagoga Rosana Kasper. Serão realizados encontros de forma híbrida, entre profissionais da saúde da mulher (a educadora física Márcia Selister, a ginecologista Carla Vanin, a geriatra Berenice Werle, a dermatologista Themis Rosa e a fisiopelvica Keila da Silva) o grupo de mulheres da comunidade, onde elas poderão esclarecer dúvidas sobre o tema.

Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail menopausasemvergonha@gmail.com ou pelo telefone (51) 99236-6951, com Cecília Daudt.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895