As contas do Grêmio

As contas do Grêmio

Ninguém, no Grêmio, nega ser grande a possibilidade de o clube encerrar o ano com déficit

Encerrar o ano com déficit seria algo inédito na gestão de Romildo

publicidade

Do relatório "Convocados XP: Finanças, História e Mercado do Futebol Brasileiro em 2021" aponta que o Grêmio operou acima da média de gastos em relação às suas receitas. na temporada.
Valor: R$ 17 milhões.
O clube entrou 2022 na Série B. Só de TV deixará de arrecadar R$ 80 milhões.

Em anos anteriores, as premiações alavancavam os ganhos.
Quem chega às oitavas da Libertadores leva R$ 20 milhões. As quartas da Copa do Brasil garantem R$ 11 milhões.
O balancete do primeiro trimestre apontou um superávit de R$ 7,7 milhões.

Neste valor tem receita extra.
O custo da atividade desporto ficou R$ 10 milhões acima do orçado no primeiro trimestre de 2022.
Ninguém, no Grêmio, nega ser grande a possibilidade de o clube encerrar o ano com déficit.

Seria um fato inédito na gestão Romildo depois de 2016.
Após o rebaixamento, dirigentes do alto clero afirmaram que a folha, que havia batido nos R$ 16 milhões quando da vinda de Douglas Silva, deveria ser reduzida para R$ 7,5 milhões.

Está nos R$ 10 milhões e inchando.
Justifica-se, assim, a barquinha. Vários jogadores deixarão a Arena.
Se houver interessados, obviamente. 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895