De Odair para Melo
capa

De Odair para Melo

Carta fictícia de Odair Hellmann para Roberto Melo

publicidade

Carta fictícia de Odair Hellmann para Roberto Melo.
"Vi o Gre-Nal. Um chocolate. Vi a derrota para o Ceará. Não sei o que é pior: levar 2 a 0 do Grêmio ou 2 a 0 do Ceará. Dois jogos, quatro gols sofridos e nenhum marcado. 
Deveria estar ressentido com minha demissão. 
Porém, estou agradecido. 
A cada jogo fica mais provado de que eu segurava o rojão, fazia o time andar. 
Não espero carta de agradecimento por ter entregue a equipe com 38 pontos, no G-6. 
Nos sete jogos após minha demissão o Inter conquistou oito pontos. Oito pontos em 21 dá 38% de aproveitamento. 
Campanha de rebaixado.
Melo, por onde se perdeu aquele Inter brigador? 
Lembra da vitória sobre o Palmeiras pela Copa do Brasil? Baita futebol.   
O que tenho assistido é menos do que uma caricatura de equipe. Que desempenho melancólico o de ontem. Bate uma tristeza. 
Quando fui saído daquela forma intempestiva o Inter estava no G-6. 
Desabou duas posições. 
G-8 não dá Libertadores. 
Melo, lembro que quando fui saído o Inter não havia perdido uma partida sequer no Beira-Rio pelo Brasileiro. Lembra que a torcida lotava o estádio pois tinha certeza de bom futebol e vitória? 
Caiu diante do Vasco que briga contra o rebaixamento. 
No mais, um forte abraço. Extensivo ao Marcelo."