Inter encara a síndrome do morre-morre

Inter encara a síndrome do morre-morre

O Inter e Juventude fazem nesta quarta-feira o primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil. O segundo acontece sábado em Caxias.

Hiltor Mombach

Inter, de Eduardo Coudet, entra em campo na noite desta quarta-feira

publicidade

O Inter e Juventude fazem nesta quarta-feira o primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil.
O segundo acontece sábado em Caxias.
Quem passar estará nas oitavas de final.
O confronto estava marcado para 30/04/2024 e foi adiado por causa da maior enchente da história do Rio Grande do Sul.
O Inter eliminou o ASA e o Nova Iguaçu e Juventude o Iguatu e o Paysandu.
O Inter vem de derrota por 2 a 1 diante do Vasco pelo Brasileiro no retorno do Beira-Rio enquanto que o Juventude goleou o Grêmio no Jaconi por 3 a 0.
A gestão Alessandro Barcellos ainda não deu um título, nem mesmo doméstico, e tenta mudar a história de não se dar bem em mata-matas.
Quando se trata de mata-mata o Inter morre-morre.


2021
Gauchão: Vice-campeão. Perdeu o Grêmio por 2 a 1 no Beira-Rio e empatou em 1 a 1 na Arena.
Copa do Brasil: caiu na terceira fase diante do Vitória. Ganhou lá por 1 a 0 e levou 3 a 1 no Beira-Rio.
Libertadores: caiu nas oitavas para o Olimpia. Empatou lá sem gol e voltou a empatar no Beira-Rio também sem gol. Foi eliminado nas penalidades.


2022
Gauchão: fora da decisão. Foi eliminado nas semifinais pelo Grêmio. Levou 3 a 0 no Beira-Rio e venceu por 1 a 0 na Arena.
Copa do Brasil: caiu no primeiro jogo diante do Globo.
Sul-Americana: caiu nas quartas de final para o Melgar diante de 43.191 pagantes no Beira-Rio. Lá, 0 a 0. Aqui, novo 0 a 0. Eliminado nas penalidades


2023
Gauchão: ficou de fora da decisão. Foi eliminado pelo Caxias nos pênaltis depois de dois empates em 1 a 1. Caiu no Beira-Rio, nas penalidades, diante de 37.182 torcedores.
Copa do Brasil: derrota lá por 2 a 0 para o América de Minas e vitória no Beira-Rio por 3 a 1. Eliminado nas penalidades diante de 36.560 torcedores.
Libertadores: caiu diante de 50 mil torcedores diante do Fluminense. Vencia até os 38 minutos finais. Levou uma virada, 2 a 1.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895