Dez razões para a derrota do Inter
capa

Dez razões para a derrota do Inter

Furacão arrastou o colorado

publicidade

Sou obcecado pelo número dez.

Aqui vão minhas dez razões para o fracasso colorado.

1) Sem D'Alessandro  o Inter não existe.

2) O colorado foi longe com um treinador tão fraco, que confunde ataque com número de atacantes e, acossado, desorganiza taticamente o time.

3) O Furação não foi o ventinho esperado.

4) O time gaúcho não jogou pivicas nem lá nem aqui.

5) Guerrero passou dois jogos de férias na grande área adversária.

6) Sem meio-campo não se cria. O técnico joga com o meio retrancado ou sem meio.

7) Só Nico Lopez ousou driblar alguém lá na frente.

8) Tiago Nunes engoliu o professor Odair entre um mate e um causo. Nem Jesus, nem Sampaoli, nem Renato. O melhor técnico do Brasil é Tiago, aquele que ganho com meios modestos comparados aos dos oponentes.

9) Torcida e estádio não ganham jogo. Precisa mostrar futebol.

10) Faltou apenas ousadia, organização, drible, chute, lançamento e passe.

Boa notícia: o Inter agora está livre para tentar alguma coisa no Brasileirão. Pena que, graças ao poderoso planejamento do clube, perdeu tempo demais.