Pity Martínez se despede do River Plate
capa

Pity Martínez se despede do River Plate

Por

publicidade

Pity se despediu da torcida em festa pelo título da Libertadores - Foto: Alejandro Pagni / AFP


 

O meia-atacante Gonzalo "Pity" Martínez se despediu do River Plate no final de semana. O jogador, de 25 anos, vai atuar no Atlanta United, dos Estados Unidos. O atual campeão da MLS pagou os 15 milhões de euros da multa rescisória para levar o jogador.

 

No sábado, Martínez fez seu último jogo pelo River. O camisa 10 marcou dois gols - o segundo, um golaço com direito a cavadinha - na goleada de 4 a 0 sobre o Kashima Antlers na decisão do terceiro lugar do Mundial de Clubes. No domingo, ele se despediu da torcida no Monumental de Núñez na festa de comemoração do título da Libertadores da América.

 

A passagem de Pity Martínez pelo River Plate foi um sucesso financeiro e futebolístico. O jogador rendeu mais de 10 milhões de euros ao clube - foi contratado por € 4 milhões junto ao Huracán no final de 2014 - e conquistou oito títulos: duas Libertadores, duas Copas Argentinas, Duas Recopas, uma Supercopa Argentina e uma Copa Suruga.

 

Pity Martínez não deve ser o único campeão da América a deixar o River Plate. O clube já recebeu propostas pelos meio-campistas Palacios e Juan Quintero. O primeiro interessa ao Real Madrid, mas pode ficar até a janela de junho. Já o colombiano Quintero tem oferta do mercado chinês.

 

Em relação a contratações, o paraguaio Oscar Romero, ex-Racing e que atualmente joga no Shanghai Shenhua, da China, foi o nome pedido por Gallardo para substituir Pity Martínez. O volante Matías Kranevitter, do Zenit, é outro nome especulado em Núñez, assim como o zagueiro Lisandro Martínez, do Defensa y Justicia.

 

O River tem seu primeiro compromisso em 2019 no dia 19 de janeiro diante do Defensa y Justicia em partida atrasada da oitava rodada da Superliga Argentina. O clube inicia sua participação na Libertadores da América em 6 de março contra Alianza Lima, no Peru.