capa

Mario Andretti apresenta o asfalto da Indy 500 para o público com o pé no fundo

Indy Racing Experience permite a entusiastas pegarem carona com o campeão da Fórmula 1 e da Indycar

Por
Bernardo Bercht, direto de Indianápolis

Campeão de F1 e da Indycar mostra disposição em horas de pista com o carro de dois lugares

publicidade

Estar no templo do automobilismo, em Indianápolis, não é suficiente para alguns entusiastas da velocidade. Os mais exigentes querem estar dentro da pista, de preferência na carona de uma lenda das pistas. Por conta disso, o multicampeão Mario Andretti, 79 anos, não tem sossego nos dias que antecedem as 500 Milhas de Indianápolis. Ele é o principal "chofer" a 300 por hora do Indy Racing Experience.

A atração, que vai à pista quando não há atividades oficiais, permite ao público alugar algumas voltas no carro de dois lugares da Indycar. Além de Andretti, uma tropa de jovens postulantes à Indycar ajuda na pilotagem: Mathew Brabham, Gabby Chaves e Juan Piedrahita são os outros motoristas.

A grande questão é que o passeio não tem nada de "suave". Todos os pilotos aceleram para valer nos carros com mais de 400 cavalos de potência, superando e muito a barreira dos 280 por hora.

E não deixa de impressionar a disposição do vencedor da Indy 500 de 1969 e um dos caras que mais completou voltas no oval. Numa das sessões que acompanhamos, o carro de Mario Andretti teve problemas. O veterano estava claramente incomodado, com pressa de voltar à pista, como se fosse uma corrida. Autorizado, abriu um sorriso, fechou a viseira e foi em frente impressionar mais um passageiro com as enormes forças G de um superspeedway.

A brincadeira custa a partir de 140 dólares para uma volta no oval. Mas tudo precisa ser reservado com antecedência, pois as vagas são limitadas. Há opções, ainda, de pilotar sozinho um dos antigos carros da IRL, mas com potência de sobra para emocionar no oval. Essa modalidade sai a partir de 300 dólares.