SAMU registra aumento nos atendimentos no Noroeste do Estado

SAMU registra aumento nos atendimentos no Noroeste do Estado

Aumento ocorre devido aos transportes de baixa para alta complexidade entre municípios

COLABORE

Serviço é gerenciado pelo Vida & Saúde em quatro município da região

publicidade

O Hospital Vida & Saúde de Santa Rosa, que gerencia o atendimento do SAMU em quatro cidades do Noroeste gaúcho, divulgou os números de atendimentos do serviço no primeiro semestre de 2020.  Foram realizados 1.694 atendimentos, número maior que no mesmo período do ano passado, quando foram registrados 1.346 atendimentos. O aumento ocorreu em todas as cidades de abrangência do atendimento: Três de Maio, Giruá, Santa Rosa e Horizontina.

Segundo o Gerente de Urgência e Emergência, enfermeiro Silvano Cervo, o aumento ocorreu em função da ampliação de transportes para outros municípios. “Tivemos um aumento mais significativo dos transportes de baixa complexidade para alta complexidade, ou referências". Este ano, em Santa Rosa, 984 atendimentos foram realizados, número maior que ano passado, quando foi registrado 858. Em Giruá, foram 163 atendimentos, 22 a mais que no ano anterior. Em Três de Maio, 392 pessoas foram atendidas, quase o dobro em relação ao primeiro semestre de 2019. Já em Horizontina, o aumento foi de 18 atendimentos, totalizando 155.

Silvano destaca que todos os anos o número aumenta em função da relevância do atendimento. "Desde 2009, nós desempenhamos um papel fundamental no atendimento de urgência e emergência da região. Ao todo são 60 profissionais envolvidos". A qualificação para esses funcionários do hospital é continua. Para Vanderli de Barros, Diretora Geral, a busca por melhorias é permanente. “Estamos avançando com a rede de urgência, seguindo todos os protocolos para oferecer cada vez mais segurança ao nosso paciente e ao nosso funcionário”, destaca a diretora. Desde 2009, o SAMU já registrou mais de 32 mil atendimentos.


publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895