Após decreto, Grêmio e Inter lançam nota marcando reuniões para definir próximos passos
patrocinado por

Após decreto, Grêmio e Inter lançam nota marcando reuniões para definir próximos passos

Como Porto Alegre está com a bandeira laranja, jogadores somente poderão fazer exercícios individualmente

Correio do Povo

Dupla não poderá realizar trabalhos conjuntos até que a bandeira de monitoramento passe a ser amarela

publicidade

O Inter e o Grêmio divulgaram nesse domingo e nesta segunda-feira, respectivamente, uma nota confirmando o cancelamento dos treinos desta segunda-feira e divulgando que os departamentos de futebol e as comissões técnicas iriam se reunir, por videoconferência, “buscando ajustar o planejamento do setor para os próximos dias”. O fato curioso dos informativos da dupla Gre-Nal é que as notas dos dois clubes são iguais, mudando apenas o nome da agremiação que a divulgou.

“O Sport Club Internacional comunica o cancelamento do treinamento de amanhã (11/05) pela manhã. O Departamento de Futebol e comissão técnica realizarão uma reunião de rotina nesta segunda-feira, buscando ajustar o planejamento do setor para os próximos dias”, revelou a nota do Inter.

“O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense comunica o cancelamento do treinamento de amanhã (11/05) pelo período da manhã. O Departamento de Futebol e comissão técnica realizarão uma reunião de rotina, nesta segunda-feira, buscando ajustar o planejamento do setor para os próximos dias”, informou o Grêmio.

Como Porto Alegre, neste momento, está com a bandeira laranja, dentro do modelo de distanciamento controlado implementado pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul, os clubes ainda poderão receber 25% dos funcionários no CT, mas com a expressa obrigação de manter o distanciamento mínimo, de dois metros sem equipamento de proteção individual (EPIs) e de um metro com EPIs, e com atendimento exclusivamente individual a cada profissional.

Segundo os protocolos implementados por Grêmio e Inter desde a volta das atividades, o elenco era dividido em pequenos grupos que treinavam em horários separados, mas com um conjunto pequeno de atletas. Com a bandeira laranja, isso não poderá mais ocorrer. Somente quando a bandeira passar a ser amarela é que este tipo de atividade poderá voltar a ocorrer.


Treinamentos em grupo não poderão ser realizado enquanto a bandeira do monitoramento de Porto Alegre for laranja - Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

No caso de a pandemia avançar no Estado e a bandeira passar a ser vermelha, todas as estruturas serão fechadas, sem a permissão de uso, mesmo de forma individualizada. Com o novo decreto e a cor laranja em vigor, as competições, obviamente, estão longe de serem liberadas.

Confira os trechos do decreto que falam dos clubes esportivos nas bandeiras amarela e laranja


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895