Argentina apresenta reclamação formal à Conmebol
capa

Argentina apresenta reclamação formal à Conmebol

Associação de Futebol do país criticou arbitragem da semifinal contra o Brasil, na Copa América

Por
Correio do Povo

Roddy Zambrano fez arbitragem polêmica e não agradou argentinos


publicidade

A Argentina apresentou reclamação formal à Conmebol, hoje, criticando a arbitragem do equatoriano Roddy Zambrano, na derrota para o Brasil por 2 a 0, na semifinal da Copa América 2019. A reclamação gira em torno de dois supostos pênaltis que não teriam sido revisados pelo VAR, algo que poderia ter mudado a história do confronto, na visão da Associação de Futebol Argentino (AFA). 

Os pênaltis teriam ocorrido em Otamendi e Agüero, e não tiveram revisão por parte do VAR. Após o jogo, nas entrevistas coletivas, tanto o técnico Lionel Scaloni quanto o atacante Lionel Messi reclamaram da atuação do equatoriano no apito. 

Na carta, assinada pelo presidente da AFA, Claudio Tapia, foram dirigidas críticas à arbitragem. "Lamentavelmente, o que aconteceu na partida entre a Seleção Argentina e o Brasil, ontem, merece uma profunda reflexão, que coloca em dúvida que se tenha observado os princípios de ética, lealdade e transparência que você recorrentemente invoca", diz o documento, direcionado especificamente a Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

O texto cita que a Argentina foi "claramente prejudicada" pela equipe de arbitragem, liderada pelo equatoriano Roddy Zambrano, durante toda a partida e, em especial, nos lances não revisados pelo VAR. O documento classifica os lances como "duas jogadas concretas que, sem dúvidas, poderiam ter revertido o resultado final". 


Em outro parágrafo do documento, de seis páginas, a AFA destacou a declaração de Lionel Messi após o jogo. O atacante disse que a tecnologia vem sendo usada para questões menores, que já definiram jogos. "Mas na partida entre Argentina e Brasil, injustificadamente, omitiu a utilização do VAR em jogadas concretas que influenciaram no resultado da partida", reproduzindo no texto a fala de Messi.