Botafogo vence o Red Bull Bragantino em jogo com dois gols anulados pelo VAR

Botafogo vence o Red Bull Bragantino em jogo com dois gols anulados pelo VAR

Triunfo por 1 a 0 dos cariocas teve reclamação de pênalti no fim da partida

AE

Botafogo venceu e respirou no Brasileirão

publicidade

Em uma partida em que o Red Bull Bragantino teve dois gols anulados pelo VAR, o Botafogo levou a melhor e venceu, por 1 a 0, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, no encerramento da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vinicius Lopes fez o gol do time carioca.

Após um primeiro tempo bem morno, Bragantino e Botafogo foram ao ataque no segundo tempo e deixaram a partida mais interessante. Artur e Natan até balançaram as redes, mas tiveram que conter a euforia com a checagem e anulações dos respectivos gols.

A derrota aumentou para três o número de jogos sem vitória do Bragantino, que caiu para 14º, com 18 pontos. Enquanto o Botafogo assumiu a nona posição, com 21 pontos.

O primeiro tempo foi abaixo do esperado e os times fizeram muito pouco para tirar o zero do placar. Sem inspiração, Bragantino e Botafogo ficaram reféns das bolas aéreas e chutes de longa distância, os quais também não surtiram nenhum efeito no campo ofensivo.

No segundo tempo, os times foram mais efetivos com a bola nos pés. Aos dez minutos, Lucas Fernandes recebeu pelo lado esquerdo e cruzou na direção do gol. A bola entraria no gol, mas o goleiro Cleiton, do Bragantino, conseguiu defender e mandar pela linha de fundo.

O lance não intimidou o time paulista, que respondeu aos 15. Sorriso fez ótimo lançamento para Artur, que viu Gatito Fernández adiantado e finalizou por cobertura para o fundo das redes. Contudo, o lance foi revisado pelo VAR e anulado pela arbitragem por posição irregular do atacante.

O jogo ganhou ritmo acelerado e três minutos depois o Botafogo abriu o placar. Após cobrança de falta, o zagueiro Léo Ortiz cortou mal e a bola sobrou nos pés de Vinicius Lopes, que finalizou de primeira, sem chances de defesa para o goleiro Cleiton.

O gol do time carioca serviu como "combustível" ao Red Bull Bragantino, que se lançou ao ataque. Aos 24 minutos, Hyoran cobrou falta e Natan desviou de cabeça para o gol, contudo, novamente o VAR revisou o lance e anulou mais um gol dos paulistas, gerando insatisfação nas arquibancadas.

A reta final da partida teve o time paulista em cima do Botafogo em busca do empate. Aos 41 minutos, Helinho disputou bola com Victor Cuesta e caiu dentro da área, mas a arbitragem não marcou a penalidade. Depois, aos 48, Miguel cruzou e Alerrandro cabeceou rente à trave.

Com o passar dos minutos o confronto ficou tenso, tendo inclusive Eric Ramires, do Bragantino, expulso após chutar a cabeça de Hugo, do Botafogo. No final, os cariocas se fecharam na defesa e seguraram a vitória.

O Red Bull Bragantino volta a campo no sábado para enfrentar o Avaí, às 16h30, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Já o Botafogo, no domingo, visitará o Cuiabá, às 19 horas, na Arena Pantanal, em Cuiabá.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895