Coudet se despede do Racing com novo título: "espero ser um treinador melhor após esses dois anos"

Coudet se despede do Racing com novo título: "espero ser um treinador melhor após esses dois anos"

Treinado por "Chacho", Racing venceu o Troféu dos Campeões por 2 a 0

Correio do Povo

Treinador deve ser anunciado pelo Inter nos próximos dias

publicidade

Eduardo Coudet encerrou sua trajetória no Racing com título. Seu time venceu na final do Troféu dos Campeões, que reúne os ganhadores do campeonato nacional e da Copa da Superliga, o Tigre, por 2 a 0, com gols marcados pelo meia-atacante Matias Rojas. O último jogo do técnico pela equipe coroou uma trajetória gloriosa diante de um clube que por muitos viveu uma realidade distinta, na qual levantar taças parecia utopia. "Vou continuar trabalhando. Espero ser um treinador melhor após esses dois anos e espero ter feito deles melhores jogadores", declarou após o duelo, ainda no gramado, à TNT Sports, sem nenhum anúncio sobre sua iminente vinda ao Inter.

 

"Merecíamos encerrar um ciclo dessa maneira e com um ótimo jogo. Grato aos fãs. Tenho um jeito de ser e de prosseguir. A mensagem que quero deixar é que há três anos escolhi um lado da Avellaneda. Então, que me perdoem os torcedores do Independiente, mas nunca vou treiná-lo. O Racing, novamente, sim, com certeza", disse à emissara

Além disso, Chacho, desta vez na Fox Sports, disse que deixa o clube com sentimento de alegri de ter completado dois anos em um grande clube. "É difícil no futebol argentino. Eu senti que tinha completado um ciclo. Deixamos grandes jogadores. Não estou tão mal de julgamentos. (Walter) Montoya não é ruim, (Matías) Rojas não é ruim, (Nicolás) Reniero não é ruim. É um plantel com ótimos jogadores", brincou. Por outro lado, acrescentou como se deu sua saída. “As decisões são pensada. Não é o melhor que fiquem tristes neste momento, mas fiz o que tinha que fazer"

 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895