Defesa entra com recurso para tirar Daniel Alves da prisão preventiva

Defesa entra com recurso para tirar Daniel Alves da prisão preventiva

Ele responde às acusações de agressão sexual contra uma mulher na madrugada do dia 30 de dezembro em uma casa noturna de Barcelona

AE

Daniel Alves sonha em disputar a Copa do Mundo do Catar pelo Brasil

publicidade

A defesa de Daniel Alves apresentou ao Juizado de Instrução 15 de Barcelona nesta segunda-feira o recurso para que o jogador responda as suas acusações e o processo em liberdade. Segundo o jornal El Periódico, o extenso recurso conta com mais de 20 páginas. Ele responde às acusações de agressão sexual contra uma mulher na madrugada do dia 30 de dezembro em uma casa noturna de Barcelona.

Preso de forma preventiva desde o último dia 20, o lateral-direito, com passagens pelo Barcelona, São Paulo, seleção brasileira, entre outros clubes, Dani Alves nega as acusações. O jogador está em reclusão no presídio Brians 2.

O pedido será transferido para a Audiência de Barcelona, que julgará se aceita ou não o recurso. A defesa da jovem também será notificada e poderá apresentar novas argumentações no prazo de cinco dias, caso assim deseje.

Segundo o jornal El Mundo, a expectativa é que a Justiça acate o pedido da defesa em até 30 dias. O prazo leva em consideração a burocracia para a análise do pedido e os trâmites legais da ação. Dani Alves está preso de forma preventiva pois, segundo juíza Maria Concepción Canton Martín, que analisou o caso, havia risco de que o jogador fugisse da Espanha, já que não tem moradia no país.

Na última sexta-feira, segundo informações do canal de televisão espanhol Antena 3, o advogado Cristóbal Martell, um dos responsáveis pela defesa de Daniel Alves, iria sugerir medidas cautelares para pedir o fim da prisão preventiva do jogador, como por exemplo o uso de uma pulseira eletrônica ou a retirada de seu passaporte, o que evitaria uma possível fuga da Espanha.

A juíza Maria Concepción Canton Martín decretou a prisão de Daniel Alves no dia 20 de janeiro. Ele foi detido ao prestar depoimento sobre o caso de agressão sexual contra uma mulher na madrugada do dia 30 de dezembro. O Ministério Público pediu a prisão preventiva do atleta de 39 anos, sem direito à fiança, e a titular do Juizado de Instrução 15 de Barcelona acatou o pedido, ordenando a detenção.

A acusação se refere a um episódio que teria ocorrido na casa noturna Sutton, em Barcelona, na Espanha. O atleta, que defendeu a seleção brasileira na Copa do Mundo do Catar, teria trancado, agredido e estuprado a denunciante em um banheiro da área VIP da casa noturna, segundo o jornal El Periódico. Ela procurou as amigas e os seguranças da balada depois do ocorrido.

A equipe de segurança da casa noturna acionou a polícia catalã (Mossos d’Esquadra), que colheu depoimento da vítima. Uma câmera usada na farda de um policial gravou acidentalmente a primeira versão da vítima sobre o caso, corroborando o que foi dito por ela no depoimento oficial. A mulher também passou por exame médico em um hospital. Daniel Alves foi embora do local antes da chegada dos policiais.

Segundo a imprensa espanhola, a contradição no depoimento do lateral-direito foi determinante para o Ministério Público do país pedir a prisão e a juíza aceitar. No início de janeiro, o jogador deu entrevista ao programa "Y Ahora Sonsoles", da Antena 3, em que confirmou que esteve na mesma boate que a mulher que o acusa, mas negou ter tocado na denunciante sem a anuência dela e disse que nem a conhecia.

No depoimento, porém, de acordo com os meios de comunicação da Espanha, o atleta afirmou que esteve com a mulher, mas sem ato sexual. Posteriormente, admitiu o ato sexual, mas alegou que a relação foi consentida. Segundo a rádio Cadena SER, imagens da vigilância interna do local confirmam que Daniel Alves ficou 15 minutos com a mulher no banheiro. Material coletado encontrou vestígios de sêmen tanto internamente quanto no vestido da denunciante. O Pumas, do México, anunciou que o contrato de trabalho de Daniel Alves com o clube foi rompido por justa causa.


Mais Lidas

Confira a programação de esportes na TV desta sexta-feira, 12 de abril

Opções incluem eventos de futebol e outras modalidades esportivas em canais abertos e por assinatura



Placar CP desta sexta-feira, 12 de abril: confira jogos e resultados das principais competições de futebol

Acompanhe a atualização das competições estaduais, regionais, nacionais, continentais e internacionais

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895