Ex-técnico da dupla Gre-Nal comandará o São Paulo contra o Grêmio

Ex-técnico da dupla Gre-Nal comandará o São Paulo contra o Grêmio

André Jardine iniciou a carreira no Inter, ficou dois anos no Tricolor gaúcho e é cotado para ser efetivado em 2019

Correio do Povo

Jardine treinou o time principal do Grêmio no Brasileirão 2014 na derrota para o Vitória

publicidade

Com a demissão de Diego Aguirre, André Jardine, de 36 anos, assumiu como técnico do São Paulo no último domingo e permanecerá no cargo até o final do Brasileirão. Além disso, o treinador, natural de Porto Alegre, é apontado como o favorito para permanecer no cargo em 2019. Será ele o comandante do Tricolor paulista no importante jogo contra o Grêmio, na próxima quinta-feira, às 19h, no estádio do Morumbi.

Os dois times têm 58 pontos e ocupam respectivamente a quarta e a quinta colocação, com o Grêmio levando vantagem no número de vitórias, 16 contra 15 dos paulistas. Um resultado positivo longe da Arena aproximará o Tricolor gaúcho da vaga direita para a Libertadores. Por isso, o foco gremista é na vitória.

“Chegamos no G-4 e temos que pensar em não sair, mas, para isso, precisamos buscar a vitória. Estamos a dois pontos do Flamengo. O Grêmio sempre joga pra ganhar e vai buscar a vitória contra o São paulo também. (…) Coragem é o que não falta”, declarou Renato Portaluppi.

Jardine chegou a comandar o time principal do Grêmio


André Jardine conhece de perto os dois clubes de Porto Alegre, pois passou a maior parte da carreira de 15 anos atuando em times das categorias de base da dupla Gre-Nal. Após se formar pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul em Educação Física, iniciou o trabalho no futsal do Grêmio Náutico Gaúcho em 2000. Três anos depois, assumiu a categoria sub-15 no Inter. No ano seguinte, deixou o “salão” para assumir o sub-11 do Colorado nos gramados.

Até 2012, conquistou 29 títulos por diversas equipes da base. Em 24 de setembro de 2013, foi anunciado pelo Grêmio para trabalhar com o sub-17. No ano seguinte, entre a saída de Enderson Moreira e a chegada de Felipão, comandou o time principal do clube na derrota para o Vitória, por 2 a 1, de virada, na Bahia.

Em 2015, assumiu o sub-20 do São Paulo e, no ano seguinte, passou a trabalhar como auxiliar do futebol profissional. No final de outubro, o treinador retornou de um período de estudos na Europa. A imprensa paulista aponta ele como o principal candidato a ser mantido no cargo na próxima temporada.

O Grêmio volta aos treinos nesta segunda-feira, às 15h30min. O confronto contra o tricolor paulista está marcado para quinta-feira, às 19h, no Morumbi.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895