Figueirense revela mais 4 casos de Covid-19 e só tem 15 atletas para jogo contra o Brasil de Pelotas

Figueirense revela mais 4 casos de Covid-19 e só tem 15 atletas para jogo contra o Brasil de Pelotas

Equipe catarinense tem confronto no sábado, às 18h30min, no Bento Freitas, contra o Xavante

AE

Derrotado pelo Sampaio Corrêa, por 3 a 0, no seu compromisso anterior, o Figueirense chegou a três jogos sem vitória na Série B

publicidade

A diretoria do Figueirense emitiu nota oficial, nesta sexta-feira, para confirmar mais quatro casos de Covid-19 no elenco que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. Os novos infectados são o volante Arouca, o meia Davi Kuhn, o zagueiro Jhonatan e o atacante Gabriel Barbosa.

"Os exames apontaram quatro resultados positivos. O volante Arouca, o meia Davi Kuhn, o zagueiro Jhonatan e o atacante Gabriel Barbosa apresentaram resultado positivo para o Coronavírus. Os atletas já estão em isolamento e sendo monitorados pelo Departamento Médico do clube", diz a nota oficial.

O Figueirense vai enfrentar o Brasil de Pelotas, no sábado, às 18h30, no Bento de Freitas, em Pelotas, pela 16ª rodada da Série B. Com os novos casos, tem à disposição apenas 15 jogadores, mas, ainda assim, pelo protocolo da CBF, o jogo vai ocorrer. O adiamento da partida ocorreria só se o clube ficar com menos de 13 atletas.

Já são 31 casos no clube catarinense desde o início da pandemia. Os atuais são com Alemão (zagueiro), Arouca (volante), Diego Gonçalves (atacante), Davi Kuhn (meia), Dudu (meia), Elacio (lateral-direito), Everton Galdino (meia), Gabriel Barbosa (atacante), Heryck (volante), Jhonatan Silva (zagueiro), Marquinho (meia), Matheus Neris (volante), Paulo Ricardo (meia), Rodolfo Castro (goleiro), Vitor Caetano (goleiro), Elano (treinador) e cinco membros da comissão técnica (nomes não revelados).

Derrotado pelo Sampaio Corrêa, por 3 a 0, no seu compromisso anterior, o Figueirense chegou a três jogos sem vitória na Série B e está na zona de rebaixamento com 14 pontos.

Veja Também

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895