Após ser impedido de pousar no Salgado Filho domingo, Grêmio retorna para Porto Alegre

Após ser impedido de pousar no Salgado Filho domingo, Grêmio retorna para Porto Alegre

Devido as obras de ampliação, a pista do aeroporto Salgado Filho tem fechado desde março por questões de segurança

Correio do Povo

Delegação do Grêmio não teve autorização para pousar em Porto Alegre, devido ao fechamento da pista, e teve que retornar para Curitiba

publicidade

O avião que trazia o Grêmio para Porto Alegre não teve autorização para pousar no Aeroporto Salgado Filho, após retornar do Paraná, onde venceu o Athletico-PR, por 2 a 1, na noite de domingo. O voo teria atrasado em Curitiba e, por isso, não conseguiu chegar a Capital do Rio Grande do Sul antes do fechamento da pista.

Por causa das obras de ampliação, a pista do Aeroporto de Porto Alegre fica inoperante entre 23h45min e 5h, por questões de segurança. Como o voo chegou depois do horário, a aeronave teve que retornar para Curitiba, onde a delegação passou a madrugada.

Segundo informação da assessoria de imprensa do Grêmio, o embarque para o retorno na manhã desta segunda-feira ocorreu às 8h05min e o voo chegou a Porto Alegre por volta das 10h10min.

Veja Também

A agenda do Tricolor prevê um treino para esta segunda-feira, às 15h30min, no Centro de Treinamentos presidente Luiz Carvalho. Porém, com o episódio há a possibilidade de mudança de horário. O próximo compromisso da equipe de Renato Portaluppi é na quinta-feira, às 21h30min, contra o Juventude, na Arena, na estreia do clube na Copa do Brasil.

Ampliação da pista do Salgado Filho

As obras de ampliação da pista do aeroporto Salgado Filho iniciaram em março e a previsão é que elas sejam finalizadas em dezembro de 2021. Porém, a pandemia e outros problemas atrasaram o avanço da expansão e ela pode demorar mais tempo para ser entregue. Desde o início das obras, a pista vem sendo fechada por questões de segurança.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895