Cortez fará exames na reapresentação do Grêmio
capa

Cortez fará exames na reapresentação do Grêmio

Lateral deixou a equipe no intervalo da partida contra o Santos, na Vila Belmiro

Por
Correio do Povo

Cortez sentiu um problema na panturrilha esquerda durante o primeiro tempo e acabou substituído

publicidade

O técnico Renato Portaluppi receberá nesta segunda-feira o diagnóstico da situação física do lateral Bruno Cortez, que foi retirado no intervalo da partida contra o Santos. O jogador de 32 anos sentiu a panturrilha esquerda na Vila Belmiro e teve quer ser substituído para não agravar o problema. Se tiver uma lesão constatada, dificilmente conseguirá atuar no primeiro jogo contra o Flamengo, marcado para daqui a nove dias, em 2 de outubro.

“Esperamos que não seja nada grave. Ele sentiu uma lesão, pediu para voltar, mas tirei para não arriscar. Temos alguns jogadores no departamento médico, então, por precaução, coloquei o Juninho. Vamos aguardar 24 horas, ele fará exames e vamos ver se será constatada uma lesão”, revelou um preocupado Renato Portaluppi.

Para o jogo contra o Avaí, o treinador seguirá sem poder contar com: Marcelo Oliveira, Geromel, Léo Moura, Leonardo e Jean Pyerre. No sábado, a direção informou que Jean Pyerre precisará de até 30 dias para se recuperar e, dificilmente, ficará à disposição para os confrontos válidos pela semifinal da Libertadores contra o Flamengo, nos dias 2 e 23 de outubro.

Marcelo Oliveira e Leonardo Gomes só retornam aos gramados em 2020. Prazo de recuperação de Geromel é para os primeiros dias de outubro. Já Leo Moura deve ficar à disposição para a partida contra o Fluminense, no próximo domingo.

O Grêmio se reapresenta nesta segunda-feira, às 15h, no CT presidente Luiz Carvalho. O Tricolor enfrenta o Avaí, na quinta-feira, às 20h, na Arena. Após 19 rodadas, os comandados de Renato Portaluppi ocupam a sétima colocação com 31 pontos, quatro a menos que o São Paulo, sexto e último entre os clubes da zona de classificação para a Libertadores 2020.