Grêmio cresce individual e coletivamente na hora certa

Grêmio cresce individual e coletivamente na hora certa

Tricolor melhora produção, vê jogadores importantes subirem de rendimento e se coloca entre os candidatos a títulos

Correio do Povo

Grêmio se coloca como postulante à titulos em temporada atípica

publicidade

São 13 jogos de invencibilidade, com dez vitórias, três empates e um aproveitamento de 84,6%. O Grêmio virou o jogo. Se há cerca de dois meses, o torcedor tinha motivos para andar desconfiado com o time, agora ele tem uma série de razões para acreditar em coisas grandes até o final da temporada. Renato Portaluppi prometeu, e a ascensão está acontecendo. O Tricolor vem galgando um lugar entre os candidatos aos títulos que disputa.

A equipe cresceu coletivamente a partir das mudanças feitas por Renato Portaluppi. Consequentemente, as individualidades também subiram de produção. A nova formação de meio-campo, com Matheus Henrique, Darlan e Jean Pyerre, é fiadora desse crescimento. Sem esquecer das atuações luxuosas do atacante Pepê. Todos os quatro jogadores vindos das categorias de base do clube.

“Acho que o time cresceu no momento certo. A gente sempre teve a confiança da comissão técnica e da diretoria”, analisa o zagueiro e capitão Pedro Geromel. “Estamos em uma sequência positiva na temporada, uma série de jogos sem perder e com o time sendo agressivo”, acrescenta. A vitória por 2 a 0 sobre o Guaraní, na quinta-feira, encaminhou a vaga nas quartas de final da Libertadores da América. “Nós não passamos de fase, teremos um jogo complicado em Porto Alegre. Temos que ser competitivos”, alertou Geromel.

Na Copa do Brasil, o Grêmio é semifinalista – os jogos diante do São Paulo serão nos dias 23 e 30 de dezembro – e no Brasileirão não está tão distante dos líderes. “Nosso grupo é muito unido. Mesmo nos momentos ruins, eu falava que a torcida precisava ter calma e tranquilidade. Sempre confiei no grupo. A resposta está aqui. O Grêmio está em três competições e muito bem nas três”, disse Renato após a vitória em Assunção.

O treinador também vem contando com quase a totalidade do grupo de jogadores à sua disposição, já que o departamento médico está praticamente vazio. Nos próximos dias, Renato ganhará os reforços do volante Maicon e do meia-atacante Alisson, ambos titulares antes de sofrerem com as lesões.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895