Grêmio protocola reclamação formal contra arbitragem da partida com o Caxias

Grêmio protocola reclamação formal contra arbitragem da partida com o Caxias

Tricolor entende que foi prejudicado pela não marcação de pênalti e pede áudios do VAR

Correio do Povo

Lance ocorreu em Everton, no segundo tempo

publicidade

Depois de reclamações do técnico Renato Portaluppi, o Grêmio protocolou junto à Federação Gaúcha de Futebol uma reclamação formal pela arbitragem da partida diante do Caxias, no último sábado, válida pela final do primeiro turno do campeonato Estado. Na derrota por 1 a 0 para o tima da Serra, o clube entende que foi prejudicado pela não marcação de uma penalidade máxima no atacante Everton, mesmo com a presença do Árbitro assistente de vídeo (VAR).

Aos 17 minutos do segundo tempo daquela partida, o atacante colocou na frente pela direita e arrancou para a linha de fundo. Antes da bolar sair, houve um toque de Juliano, que estava na proteção e que derrubou o jogador. O árbitro Leandro Vuaden mandou o jogo seguir e nem revisou o lance com o auxílio da tecnologia, que era comandada por Igor Junio Benevenuto, de Minas Gerais.

"No mesmo protocolo, foi solicitado acesso ao áudio de comunicação da tecnologia para que se entenda a não marcação do pênalti, tendo em vista que a imagem da TV evidencia a falta sobre o jogador Everton. O objetivo é corroborar para o aperfeiçoamento do processo e a manutenção da lisura da competição", disse o Tricolor em um comunicado postado nas redes sociais.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895