Grêmio recebe proposta de empréstimo e deve liberar Jean Pyerre ao Alavés

Grêmio recebe proposta de empréstimo e deve liberar Jean Pyerre ao Alavés

Meia foi afastado do Tricolor nesta segunda-feira e não faz mais parte dos planos

Correio do Povo

Meia não vinha sendo relacionado nas últimas partidas

publicidade

A trajetória do meia Jean Pyerre no Grêmio está, ao menos momentaneamente, chegando ao final. O Tricolor recebeu uma proposta de empréstimo do Alavés, da Espanha, e irá liberar o jogador, que já chegou a ser considerado uma joia do clube. A informação é do repórter Rafael Pfeiffer, da Rádio Guaíba. Nesta segunda-feira, ele foi afastado junto de mais seis jogadores, que não participarão mais da reta final do Brasileirão 2021, em que o time luta para não ser rebaixado. "Ele não está afim", resumiu o vice de futebol, Dênis Abrahão, em coletiva. 

O dirigente também confirmou sondagens pelo atleta, citando o Alavés e também clubes da Inglaterra e da Alemanha, sem especificar quais times seriam. No entedimento do cartola, o empréstimo pode ser bom para Jean Pyerre. "Ele tem tudo para ser um craque, mas não consegue se firmar. Todos os dias chega uma proposta para o Jean. Ele joga demais futebol. De repente, ele precisa dar uma saída. Tomara que o Jean seja feliz. Quero o bem dele. Tem proposta do Alavés. Recebi. Tem da Inglaterra, da Alemanha", avaliou. 

O meia, que passou a ser utilizado com maior frequência em 2019, viveu seu melhor momento em 2020, quando o Tricolor chegou a ficar um mês sem ser derrotado. Na Arena, ele sempre conviveu com lesões e de alguma gravidade. Em 2019, ficou de fora da semi-final da Libertadores e passou mais de cinco meses fora da equipe. Em 2020, também teve problemas físicos e chegou a perder algumas partidas. 

Nesta temporada, com a chegada do técnico Tiago Nunes, se imaginou que ele reencontraria o bom futebol. Entretanto, isso não aconteceu e ele nem de longe repetiu seus bons momentos. A postura se repetiu com Felipão e Vagner Mancini, que também tentaram "recuperar" o meia. Nos últimos confrontos, ele já não vinha sendo relacionado. 

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895