Maicon relembra 2016 e cita confronto "mais difícil" do Grêmio em mata-matas
capa

Maicon relembra 2016 e cita confronto "mais difícil" do Grêmio em mata-matas

Volante projetou reencontro contra o Athletico-PR, adversário que abriu caminho para ciclo de conquistas

Por
Correio do Povo / Rádio Guaíba

Capitão citou confronto difícil emocionalmente contra o Athletico-PR em 2016

publicidade

* Com informações do repórter Rafael Pfeiffer

O volante Maicon falou sobre o reencontro contra o Athletico-PR, e projetou mais um duelo difícil contra a equipe paranaense pela Copa do Brasil. Dessa vez, o duelo é pela semifinal da competição. A primeira partida acontece na quarta-feira, às 21h30min, na Arena do Grêmio, em jogo que pode abrir caminho para retornar à decisão da competição, três anos depois da última final. 

Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, ele classificou o duelo contra o rival, pelas oitavas de final da Copa do Brasil de 2016, como um dos mais difíceis emocionalmente enfrentados pelo Grêmio nesses últimos anos. Falou sobre a situação delicada na qual o Grêmio esteve na disputa de pênaltis, ficando a um gol da eliminação. "Se tivessem feito o gol, talvez nem tivéssemos todas essas conquistas que tivemos depois", recordou. 

A campanha iniciada contra o Athletico-PR culminou com o título da Copa do Brasil naquele ano, e a classificação para a Libertadores de 2017, que também resultou em títulos. Maicon destacou a importância de não esquecer os bons resultados. "Temos que relembrar essas conquistas que a gente teve, para fazer grandes jogos em busca de títulos novamente", frisou o capitão.

Sobre o momento do adversário desta semifinal, Maicon elogiou as características do rival, admitindo que a equipe "analisa bastante" o time do Athletico-PR. "É uma equipe um pouco parecida com a nossa, com jogadores velozes na beira do campo". Ele citou, ainda, a presença do centroavante Marco Rúben, um "centroavante que faz bastante gols", na avaliação do capitão Tricolor.

Maicon rechaçou um possível "mau momento" vivido pelo Grêmio. Há quatro jogos, a equipe não vence pelo Brasileirão. No entanto, está na semifinal da Copa do Brasil e nas quartas de final da Libertadores. "Todos os anos a gente vem chegando nas competições, desde 2016 chegando nas finais. Estamos acostumados com conquistas, então a equipe não está em um mau momento", pontuou.

Grêmio teve treino fechado 

Na preparação para o duelo contra o Athletico-PR, mistério na primeira parte da atividade. O Tricolor iniciou os trabalhos no CT Luiz Carvalho com portões fechados para a imprensa, e apenas na segunda parte o acesso foi liberado.

Na primeira parte, trabalho em campo reduzido. O técnico Renato Portaluppi tem quase todo o grupo à disposição para o confronto contra o Athletico-PR. A única baixa segue sendo Michel, que segue realizando trabalho de recondicionamento físico, mas ainda sem condições de jogo. 

A equipe que entra em campo pela Copa do Brasil não deve ter surpresas. Assim, Renato deve mandar a campo Paulo Victor; Leo Gomes, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon, Jean Pyerre, Alisson e Everton; André

O atacante Luciano, recém contratado, não pode entrar em campo pela Copa do Brasil, por já ter defendido o Fluminense pela competição.