Se bobear, até uma mulher grávida faria gol no Grêmio, diz Renato após goleada

Se bobear, até uma mulher grávida faria gol no Grêmio, diz Renato após goleada

Treinador explicou as opções por André e Paulo Miranda, e elogiou o Flamengo, finalista da Libertadores

Por
Correio do Povo

Renato Portaluppi reconheceu Grêmio abaixo, mas evitou falar em vexame


publicidade

Abatido, o técnico Renato Portaluppi demorou pra conceder entrevista coletiva após a goleada por 5 a 0 para o Flamengo, que eliminou o Grêmio na semifinal da Libertadores. Houve até uma mudança de protocolo - a ordem das entrevistas, inicialmente prevista para o visitante falar primeiro, foi invertida, e Jorge Jesus abriu a coletiva.

Quando falou, Renato reconheceu a atuação ruim no Maracanã, mas evitou falar em "vexame", conforme foi atribuído na entrevista. "Tomamos cinco gols em cinco falhas. Hoje, jogamos muito abaixo do que a gente sabe. O Flamengo foi superior", reconheceu o treinador. "Com jogadores como os do Flamengo, não dá para cometer esses erros. Se bobear, até uma mulher grávida faria gol no Grêmio hoje", acrescentou.

Mais uma vez, voltou a citar a conquista de títulos recentes do Grêmio nos últimos anos, e lamentou a postura de que, na avaliação dele, na derrota "todo mundo é ruim", além de chamar o resultado de surpreendente, pelo placar elástico. "Agora é levantar a cabeça e voltar a pensar no Campeonato Brasileiro. Temos um jogo importante contra o Botafogo", resumiu.

O Grêmio teve desfalques importantes no jogo. Os meias Jean Pyerre e Luan estavam fora por lesão, e Michel começou no meio campo. Na lateral, a opção foi pelo improvisado Paulo Miranda. Renato reconheceu a necessidade de reavaliar o elenco para 2020, mas evitou falar em mudanças drásticas. "É sempre bom renovar, mas não é o momento de falar nisso. Sempre vou defender meu grupo. Nem todo mundo vai ganhar sempre. Hoje, o Grêmio perdeu", disse.

Renato voltou a elogiar o Flamengo. Por repetidas vezes, antes dos confrontos, o treinador classificou os cariocas como os favoritos para avançarem à final da competição, em Santiago, no dia 23 de novembro. "Enfrentamos uma grande equipe, que montou um grande elenco para conquistas. Venceram com um placar elástico, e passaram merecidamente para a final", elogiou.

Renato defendeu a escalação de André. Mais uma vez, o centroavante não teve boa atuação, e pouco contribuiu para as escassas ações ofensivas do Grêmio. De acordo com Duda Kroeff, Diego Tardelli segue apresentando problemas físicos. "Eu já estou vacinado, é sempre assim. O jogador começa a ser massacrado, mas eu como treinador tenho que defender. A equipe toda jogou mal", admitiu.


O Grêmio volta a campo pelo Brasileirão diante do Botafogo, no domingo, às 16h, na Arena. O jogo é válido pela 28ª rodada da competição.