Inter se mostra inconformado com nova data do Gre-Nal

Inter se mostra inconformado com nova data do Gre-Nal

Após pedrada em ônibus do Grêmio, clássico foi marcado para o dia 9 de março

Correio do Povo

publicidade

Após o Gre-Nal desse sábado ser adiado em razão de um ataque em ônibus do Grêmio, que deixou o jogador Villasanti ferido, o Inter se mostrou inconformado com a nova data da partida em nota divulgada nesta segunda-feira. Segundo o colorado, o clássico marcado para o dia 9 de março, às 19h, não apresenta igualdade em dias de descanso para os jogadores das duas equipes gaúchas. 

"Primeiramente, a nova data quebra a isonomia quanto ao período de descanso das equipes, uma vez que o adversário terá um dia adicional de descanso em relação ao Inter. Adicionalmente, a inversão de rodadas causa alteração na ordem de cumprimento de eventuais suspensões, fruto de cartões", afirmou o time.

O Inter também criticou a decisão no que tange à torcida do colorado, afirmando que torcedores do time poderão enfrentar dificuldades de deslocamento para o Gre-Nal. "O dia e horário da partida remarcada desconsidera a principal razão de ser do futebol: a torcida. Da forma posta, diversos serão os colorados e torcedores visitantes que não poderão comparecer ao estádio por dificuldades diversas, sendo o deslocamento o principal", diz. 

O Colorado acrescentou que recebeu com alegria a notícia de que o jogador do Grêmio se recupera e finalizou a declaração dizendo que "seguirá na defesa dos interesses da instituição, da justiça e do equilíbrio dentro das quatro linhas e reitera sua luta intransigente contra toda e qualquer violência no futebol". 

O clima entre Grêmio e Inter não é dos melhores. Após o adiamento, dirigentes dos clubes fizeram uma reunião que foi marcada pela tensão. Tanto que, após o encontro, eles não concederam a entrevista juntos.

Caso o Tribunal de Justiça Esportiva da FGF for acionado, em tese o Colorado pode ser punido se ficar comprovado que as pedras utilizadas na agressão tenham tido sido atiradas de dentro do complexo Beira-Rio. Além disso, há algum risco se ficar comprovado que algum dos agressores − dois acusados foram presos e já soltos − são integrantes de torcidas organizadas.

Confira a nota do Inter na íntegra: 

"O Sport Club Internacional, à luz da decisão da Federação Gaúcha de Futebol, que remarcou o clássico Gre-Nal para as 19h do próximo dia 09 de março, tem a dizer o que segue:

Preliminarmente, recebe com alegria a pronta recuperação do atleta Villasanti e informa que segue colaborando com as autoridades para a rápida identificação dos responsáveis pelo ataque ocorrido no último sábado. Tão logo haja a identificação positiva pelas forças de segurança, o Clube atuará juridicamente para banir para sempre os responsáveis do Beira-Rio.

Quanto à remarcação, o Internacional registra sua inconformidade perante à Federação Gaúcha, sua torcida e comunidade esportiva em geral. Primeiramente, a nova data quebra a isonomia quanto ao período de descanso das equipes, uma vez que o adversário terá um dia adicional de descanso em relação ao Inter.

Adicionalmente, a inversão de rodadas causa alteração na ordem de cumprimento de eventuais suspensões, fruto de cartões. Por fim, o dia e horário da partida remarcada desconsidera a principal razão de ser do futebol: a torcida. Da forma posta, diversos serão os colorados e torcedores visitantes que não poderão comparecer ao estádio por dificuldades diversas, sendo o deslocamento o principal.

Finalizando, o Sport Club internacional seguirá na defesa dos interesses da instituição, da justiça e do equilíbrio dentro das quatro linhas e reitera sua luta intransigente contra toda e qualquer violência no futebol".


Mais Lidas

Confira a programação de esportes na TV desta terça-feira, 23 de abril

Opções incluem eventos de futebol e outras modalidades esportivas em canais abertos e por assinatura



Placar CP desta terça-feira, 23 de abril: confira jogos e resultados das principais competições de futebol

Acompanhe a atualização das competições estaduais, regionais, nacionais, continentais e internacionais

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895