Adiamento de jogo com o Boca dá ao Inter tempo para trabalhar

Adiamento de jogo com o Boca dá ao Inter tempo para trabalhar

Abel estuda mudanças na equipe, enquanto jogadores voltando de lesão podem estar recuperados

Fabrício Falkowski

Equipe pode ter titulares amanhã, em Goiânia

publicidade

A transferência da partida contra o Boca Juniors, que estava marcada para esta semana e foi para a próxima quarta-feira, deu a Abel Braga algo que ele não teve desde que desembarcou em Porto Alegre: tempo. O inesperado período sem jogos será usado pelo técnico, mesmo que ainda esteja afastado por Covid-19, para aprimorar a nova mecânica do time e, além disso, recuperar alguns jogadores que até enfrentariam os argentinos, mas sem as melhores condições físicas.

Essa lista começa com Patrick. O volante, que tem sido fundamental para o time, sofreu uma pancada na região do joelho, que causou um edema. Provavelmente, ele jogaria contra o Boca, até pela necessidade de o Inter conquistar a vitória, mas os dias extras possibilitarão uma recuperação mais plena para ele. Também é o caso de Rodrigo Moledo, que está recuperado de um problema no púbis, mas ainda não tivera tempo de jogar, e de Rodrigo Dourado.

Na parte tática, Abel, mesmo sendo representado por Leomir e Osmar Loss nos treinos da semana, buscará azeitar uma nova sistemática para o time. Desde que assumiu o comando técnico, o técnico busca adaptar a equipe às suas ideias, sempre com escasso tempo para treinar. Essa será a primeira semana sem jogos que ele terá para isso.

O tempo pode fazer com que ele acelere algumas adaptações. Em conversas recentes com pessoas próximas, Abel reconheceu que Thiago Galhardo perdeu rendimento jogando como único atacante. Por isso, ele cogita recuar o goleador do Inter na temporada, fazendo-o jogar em uma linha com três meias no sistema 4-2- 3-1. Nesse caso, Yuri Alberto poderia jogar como centroavante, onde também pode render mais. 

Essas alternativas podem ser testadas amanhã, contra o Atlético Goianiense, pelo Brasileiro, em Goiânia. Como não venceu nos últimos cinco jogos e conquistou apenas dois dos 15 pontos disputados, o time precisa de uma recuperação imediata para seguir entre os líderes, sem perder a sua vaga no G-4. Por isso, Abel cogita escalar todos os principais titulares, mesmo correndo o risco de perder algum para o jogo contra o Boca Juniors.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895