Aguirre vê Inter melhor no Gre-Nal e exalta evolução da equipe

Aguirre vê Inter melhor no Gre-Nal e exalta evolução da equipe

Treinador lamentou as chances desperdiçadas no clássico realizado na Arena

Correio do Povo

Aguirre vê Inter melhor no Gre-Nal e exalta evolução da equipe

publicidade

Melhor, mas ainda sem vencer na Arena. Este foi o Inter no Gre-Nal deste sábado, que terminou em 0 a 0. Para o técnico Diego Aguirre, porém, o duelo contra o Grêmio trouxe notícias boas. Uma delas é a evolução da equipe, que se apresentou um pouco mais agressiva do que nas partidas anteriores e com mais segurança defensiva. 

"Taison voltou, voltou o Moisés e agora estamos ganhando jogadores. É óbvio que fica uma certa frustração porque para mim merecíamos a vitória, mas temos que nos conformar com o resultado. Tivemos evolução e melhoramos muito o nosso jogo", analisou. 

Veja Também

Ainda que tenha atuado bem na Arena, Aguirre não acredita que o Gre-Nal tenha sido a melhor partida do Inter sob seu comando. "Eu gostei muito da atuação contra a Chapecoense, mas obviamente a volta do Taison, do Moisés, além dos retornos do Edenilson e do Cuesta, com o Saravia mais inteiro, o time se comportou melhor. A melhora da equipe pode ser explicada por eles. Acho que tivemos personalidade, mas, lamentavelmente, não pudemos marcar o gol que merecíamos", argumentou. 

Ao falar da utilização de Taison e Moisés, Aguirre explicou que a saída dos jogadores no meio da partida. "A volta deles talvez tenha sido apressada, mas combinamos com o departamento médico que seriam usados apenas 60 minutos. Foi o que fizemos. O mais importante é que voltaram, estão bem e que ganhamos jogadores que vão nos ajudar muito", enfatizou. 

Aguirre ainda elogiou a defesa do Inter, que hoje não tomou gol e correu poucos riscos ao longo do clássico. O treinador citou o aproveitamento de Bruno Méndez, um dos últimos reforços anunciados pela diretoria do clube. "O Bruno jogou bem, ajudou muito. Fico feliz que ele tenha feito um bom jogo. É preciso dizer que mudamos todas as linhas defensivas. Voltaram Saravia, Moisés, a linha defensiva inteira foi outra. O Edenilson também nos dá um equilíbrio. Foram muitas coisas que aconteceram hoje em relação ao jogo anterior", ponderou. 

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895