Após empate, Aguirre quer que Inter transforme dor em rebeldia para vencer o Corinthians

Após empate, Aguirre quer que Inter transforme dor em rebeldia para vencer o Corinthians

Treinador admitiu frustração no vestiário colorado após o 1 a 1 com o Bragantino

Correio do Povo

Aguirre sugere ao Inter transformar dor em rebeldia para vencer o Corinthians

publicidade

O Inter tem pouco tempo para digerir a frustração sentida pelo empate em 1 a 1 com o Bragantino, pelo Brasileirão. Esta é a avaliação do técnico Diego Aguirre, que gostaria de ver uma equipe com alto poder de indignação para vencer o Corinthians no próximo domingo, em novo confronto direto por posições no G4. 

"Não temos tempo para chorar. Estamos a dois dias de um jogo muito importante contra o Corinthians. Temos que transformar essa dor em rebeldia, atitude e determinação para ganhar a próxima partida. Não tem outra leitura. Teremos que ser fortes e continuar e retomar a trajetória de vitórias", disse Aguirre. 

Aguirre acredita que ganhou mais um bom jogador para a defesa depois da atuação de Kaique Rocha contra o Bragantino. "Ele jogou bem e acredito que temos mais um bom atleta para a defesa. Não é uma dor de cabeça ter jogadores assim. São opções boas, ele (Kaique Rocha) e o Mercado, que podem atuar em bom nível a qualquer momento", explicou. 

O comandante colorado acredita que o volante Rodrigo Dourado tem boas possibilidades de entrar em campo no domingo, às 16h, no Beira-Rio diante do Timão. "Ontem, ele ficou fora, mas não significa que estará fora no final de semana. Teremos mais algumas horas para definir isso. Sabemos da importância dele para o time e ele quer muito atuar contra o Corinthians", acrescentou.   

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895