Autores de gols do Inter exaltam ideias de Coudet e começo promissor no Beira-Rio
capa

Autores de gols do Inter exaltam ideias de Coudet e começo promissor no Beira-Rio

Gabriel Boschilia e Marcos Guilherme definiram o 2 a 0 do Colorado sobre a Universidad de Chile

Por
Correio do Povo

Boschilia abriu o caminho da vitória do Inter contra a Universidad de Chile

publicidade

Após a vitória sobre a Universidad de Chile, os jogadores e dirigentes do Inter adotaram um tom moderado na comemoração, lembrando que a trajetória está bem no início. Os autores dos gols, porém, não deixaram de externar sua alegria. Guilherme Boschilia destacou como é recente a sua experiência no Beira-Rio. “Faz só dez dias que estou aqui”, lembrou o jogador.

“O grupo me recebeu muito bem, o professor todo dia vem me explicar um pouco mais como ele quer que o time jogue. Estamos melhorando cada vez mais”, relatou o meia que veio da França, em entrevista à emissora de TV detentora dos direitos.

 

 

Já o autor do segundo gol colorado, Marcos Guilherme, lembrou a importância do banco de reservas na ideia do técnico Eduardo Coudet. “Uma das minhas características é essa, a velocidade. Mais importante que o gol foi a vitória e a classificação da equipe. Ainda temos mais um passo para cumprir nosso objetivo, que é entrar na fase de grupos. Coudet nos passa que todos no grupo são importantes, ele está revezando o grupo, e quem está no banco está sempre à espera uma chance como essa”, afirmou o jogador trazido da Arábia Saudita.

 

 

O zagueiro Victor Cuesta destacou o trabalho da defesa no jogo dessa terça e disse que o grupo correspondendo bem. "Foi importante esta vitória em casa, precisávamos passar esta fase. Fico feliz pelo triunfo e agora poderemos pensar no próximo jogo do Gauchão e depois na outra etapa da Libertadores, que é mais importante ainda. A nossa função ali na defesa é dar tranquilidade ao meio-campo e ao ataque para que façam gols. Todos estão dando conta do recado", disse.