Caetano revela dificuldade na busca por reforço para o ataque, que pode não ser centroavante

Caetano revela dificuldade na busca por reforço para o ataque, que pode não ser centroavante

Executivo de Futebol do Inter ainda não tem a definição se clube buscará novo gerente de futebol

Por
Correio do Povo

Thiago Galhardo tem atuado de centroavante na ausência de Guerrero e William Pottker e marcou dois gols em três jogos


publicidade

Após anunciar a contratação do meia Gabriel Boschilia, o Inter foca na contratação de mais um atacante para completar o elenco para a temporada 2020. Na quarta-feira, o Executivo de Futebol, Rodrigo Caetano, admitiu que encontra dificuldades para contratar um substituto para Guerrero. Além das poucas opções no mercado, aquelas que existem custam caro.

“Em nenhum momento afirmamos que tem que ser um centroavante ou um nove. Vamos buscar pela questão doe número (de opções no elenco). Temos o Pottker, que esperamos que volte a treinar normalmente nesta semana”, disse.

A contratação seguirá nos moldes da maioria das contratações realizadas no ano, sem ser por empréstimo e com o “desejo do atleta” jogar no Inter. “Que bom que temos o Guerrero, enquanto que muitos clubes enfrentam dificuldades, talvez, tenhamos um dos melhores da América do Sul. Ele confirmou o desejo e que irá permanecer, independente do interesse de outros clubes. Vamos buscar aumentar o número de opções, mas com algo possível, viável e com responsabilidade em relação ao orçamento”, revelou.

Substituto de Marcos Biasotto

O Inter ainda não definiu se irá ao mercador buscar um substituto para Marcos Biasotto, que na terça-feira aceitou uma proposta do Athletico-PR e deixou o alvirrubro. “Ele atuava no departamento profissional em uma função administrativa e fazendo link com as categorias de base. (…) Lá ele vai atuar mais próximo do campo. Só resta agradecer e respeitar a questão pessoal. Vamos suprir a saída, com uma solução caseira ou com a contratação de um novo profissional”, declarou.

Apesar da defecção, o Executivo de Futebol não vê problemas em relação a continuidade das tarefas que Biasotto realizava no clube. “Estamos olhando para o cargo e quando tivermos a solução, vamos informar, mas os processos estão bastante organizados e continuam com normalidade”, concluiu Caetano.

O Inter chegou a Porto Alegre na madrugada desta quinta-feira, após vencer o São Luiz, em Ijuí. A equipe volta aos treinos nesta quinta-feira, às 17h. Na sexta, às 11h, realiza a última atividade antes da viagem para Erechim.


No sábado, às 19h, enfrenta o Ypiranga, no estádio Colosso da Lagoa. Os dois clubes têm nove pontos e lideram o grupo A do Gauchão, mas o Colorado tem melhor saldo de gols, quatro contra três.