Coudet lamenta falta de presença de área do Inter, mas valoriza empate
capa

Coudet lamenta falta de presença de área do Inter, mas valoriza empate

Treinador colorado destacou que sua equipe terminou o jogo melhor fisicamente que o adversário

Por
Correio do Povo

Eduardo Coudet citou necessidade de continuidade de evolução do time do Inter para as próximas partidas

publicidade

O técnico Eduardo Coudet não considerou um resultado ruim o empate em 0 a 0 contra o Tolima, pela terceira fase da pré-Libertadores, na noite desta quarta-feira, na Colômbia. Na avaliação do treinador, o Inter deixou a desejar na presença de área, mas ainda assim produziu mais que o adversário, especialmente no segundo tempo.

Coudet destacou a dificuldade em jogar como visitante na Libertadores, independente do campo. Elogiou a qualidade do Tolima, e disse que o ponto conquistado longe de Porto Alegre foi resultado de um trabalho intenso. "Gostaríamos de ter tido mais presença de área, mas não é um mau resultado. Fizemos uma partida correta, e temos que tentar resolver em casa", frisou.

Na avaliação do comandante, o Inter "não sofreu" no segundo tempo. O treinador citou os números positivos na comparação com o adversário, especialmente no fim do jogo. "Tivemos mais finalizações, mais escanteios, ficamos mais com a bola. Faltou um pouco de profundidade", lamentou.

Mesmo com uma atuação considerada fraca, o técnico afirmou ter visto evolução na equipe na comparação com outros jogos. Citou a chegada de jogadores importantes para o esquema, como Boschilia e Marcos Guilherme, mas deixou claro que ainda faltam alguns aspectos. "Vamos crescer, melhorar ainda mais, para mostrar a realidade para a torcida do Inter. Não temos dúvidas que queremos e vamos ser protagonistas", assegurou.

Para justificar a ausência de D'Alessandro, o treinador citou a longa viagem enfrentada pelo Inter. A equipe fez voo até Bogotá e depois seguiu de ônibus por quatro horas até Ibagué, palco do jogo, vésperas do duelo. "A equipe terminou melhor fisicamente, mesmo com o peso da viagem. O Andrés (D'Alessandro) tem 38 anos, correu muito no fim de semana. Queria ter mais profundidade com o Marcos Guilherme no ataque", explicou.

Com o 0 a 0, a decisão da vaga para a fase de grupos da Libertadores ficou para o Beira-Rio. Em caso de repetição do placar, a partida vai para os pênaltis. Em caso de empate com gols, a vaga fica com o Tolima. Quem passar vai para a fase de grupos, em uma chave com Grêmio, America de Cali e Tolima. A partida de volta acontece na próxima quarta-feira, às 21h30min, no estádio Beira-Rio.