Cruzeiro chega a decisão contra o Inter invicto com Ceni
capa

Cruzeiro chega a decisão contra o Inter invicto com Ceni

Colorado disputou seis jogos desde a primeira partida da semifinal e não chegou a 50% dos pontos disputados no período

Por
Correio do Povo

Inter venceu primeiro jogo da semifinal, no Mineirão, por 1 a 0, com gol de Edenilson

publicidade

O Inter venceu o primeiro jogo das semifinais contra o Cruzeiro, por 1 a 0, no Mineirão, em uma das melhores atuações da equipe de Odair Hellmann na temporada e definirá a vaga na final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, em um Beira-Rio lotado. Entretanto, o Colorado sofreu com instabilidade desde o jogo do dia 7 de agosto e ainda acabou desclassificado pelo Flamengo na Copa Libertadores. O alvirrubro foi o time que mais atuou entre todos os que disputam uma vaga para a final da Copa do Brasil e o que chega à seunda partida da semifinal com menor percentual de aproveitamento: 44,44%.

Por outro lado, o Cruzeiro demitiu Mano Menezes e contratou Rogério Ceni logo após a derrota para o Inter. Desde então, a Raposa ainda não perdeu. Foram quatro jogos, com duas vitórias, sobre o Santos e o Vasco, em casa, e dois empates, com o CSA e Avaí, no Brasileiro. Utilizando o time titular em todas as oportunidades, com algumas alterações, o clube azul e branco de Belo Horizonte somou 66,66% de aproveitamento e saiu da zona de rebaixamento.

Apesar da vantagem, o Inter prega respeito ao adversário que ocupa a 16ª colocação do Brasileirão com 18 pontos, nove a menos que o Colorado. Odair considera que Ceni fez um “trabalho excecional” no Fortaleza e, por isso, foi contratado. Destacou após vencer o Botafogo as dificuldades que encontrou contra o ex-time do ex-goleiro do São Paulo e falou sobre o que tem acompanhado do Cruzeiro.

“Enfrentamos o Fortaleza, quando ele já havia saído, e é uma equipe bem agressiva e de velocidade. É isso que Ceni trabalha e utiliza nas equipes dele. Teve algumas semanas para treinar a equipe, para tentar implementar a suas ideias e maneiras. Está fazendo algumas substituições e temos observado muito o Cruzeiro, mas temos que estar também focados no nosso jogo, no nosso comportamento e no padrão da equipe para buscarmos a vitória”, disse o técnico Odair Hellmann.

Os dois clubes se enfrentaram duas vezes na temporada e nas duas oportunidades o Inter venceu. Ainda sob o comando de Mano Menezes, o Colorado superou a Raposa, por 3 a 1, no Beira-Rio, pela 4ª rodada do Brasileiro no dia 12 de maio. Odair teve participação decisiva ao mudar a forma do time jogar no segundo tempo e conquistou a vitória com gols de Nonato, Guerrero e Moledo.

A segunda partida foi no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil no dia 7 de agosto. Jogando no Mineirão, controlou a partida e encontrou seu gol quando estava melhor na etapa final. Venceu por 1 a 0 e saiu na frente no confronto de 180 minutos.

“O Inter vai jogar com aquela linha de quatro, um triângulo no meio e, ao redor do Guerrero, que é a incógnita. É muito difícil, pois ninguém está ganhando lá. Até o Flamengo, que está jogando tão bem, não conseguiu. Mas é possível e vamos trabalhar para isso”, declarou Ceni, após a vitória sobre o Vasco no domingo.

Com o resultado do primeiro confronto, o Colorado classifica com qualquer empate ou vitória. Se os mineiros vencerem por um gol, a decisão será nas penalidades. Com dois gols de vantagem, o Cruzeiro classifica para a final.

Confira os jogos do Cruzeiro com as escalações utilizadas

11/08 – Ressacada – Brasileirão – Avaí 2x2 Cruzeiro

Fábio; Orejuela (Edilson), Dedé, Léo e Egídio (Dodô); Henrique, Ariel Cabral (David), Marquinhos Gabriel, Robinho e Pedro Rocha; Sassá

18/08 – Mineirão - Brasileirão – Cruzeiro 2x0 Santos

Fábio; Orejuela, Dedé (Cacá), Fabrício Bruno e Egídio (Fred); Henrique, Dodô, Marquinhos Gabriel e Thiago Neves; David (Robinho) e Pedro Rocha

25/08 – Rei Pelé - Brasileirão – CSA 1x1 Cruzeiro

Fábio; Orejuela (Edilson), Cacá, Fabrício Bruno e Dodô; Henrique, Robinho (Jadson) e Thiago Neves; Marquinhos Gabriel, David e Fred (Sassá)

01/09 – Mineirão - Brasileirão – Cruzeiro 1x0 Vasco da Gama

Fábio; Orejuela, Dedé, Fabrício Bruno, Egídio; Henrique e Robinho (Ederson); Marquinhos Gabriel, Thiago Neves (Maurício), David e Pedro Rocha (Fred).

 

• Confira os jogos do Inter no período entre os jogos

11/08 – 11h – Brasileirão - Inter 0x0 Corinthians - titulares

17/08 – 17h – Brasileirão - Fortaleza 0x1 Inter – Wellington Silva - reservas

21/08 – 21h30min – Libertadores – Flamengo 2x0 Inter - titulares

25/08 – 19h – Brasileirão – Goiás 2x1 Inter – Guilherme Parede - reservas

28/08 – 21h30min – Libertadores – Inter 1x1 Flamengo – Lindoso - titulares

31/08 – 21h – Brasileirão – Inter 1x0 Botafogo – Nico López - titulares