Do gol à casamata: Inter troca quase todo o time no reencontro com o Ceará
capa

Do gol à casamata: Inter troca quase todo o time no reencontro com o Ceará

Apenas um titular que enfrentou o adversário no primeiro turno deve começar a partida no Castelão, na quinta-feira

Por
Correio do Povo

À época reserva, Wellington Silva iniciou o jogo na vitória do Inter por 1 a 0 sobre o Ceará no Beira-Rio

publicidade

A equipe do Inter que entrará em campo contra o Ceará, nesta quinta-feira, às 19h30min, no Castelão, deve ser bem diferente daquela que enfrentou os nordestinos no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Passados pouco mais de 100 dias daquele jogo, os colorados reencontram o adversário com mudanças do gol à casamata. 

Na ocasião, o Inter entrou em campo com reservas, no Beira-Rio, no dia 27 de julho, um sábado entre os dois confrontos com o Nacional, pelas oitavas de final da Libertadores. Naquela oportunidade, Wellington Silva ainda era considerado um reserva da equipe, treinada por Odair Hellmann. Conforme projetado pelas últimas atuações do Inter e das escalações de Zé Ricardo, o atacante deve ser o único em campo a começar no jogo fora de casa, válido pela 31ª rodada do Brasileirão. O último treino do grupo foi fechado. 

No primeiro turno, o único considerado titular em campo contra o Ceará foi o goleiro Marcelo Lomba. No entanto, por conta da expulsão no Gre-Nal, ele dá lugar ao reserva Danilo Fernandes. Zeca, agora machucado, também atuou na 12ª rodada. Nonato, que esteve entre os titulares na vitória por 1 a 0, segue lesionado.

Para quinta-feira, a tendência é que D'Alessandro inicie o jogo no meio campo. Caso isso não ocorra, e Neílton inicie a partida, serão dois os titulares, já que o meia, que atuou no Gre-Nal, também esteve em campo contra o Ceará. Outros dois titulares de hoje entraram no decorrer daquela partida: o zagueiro Victor Cuesta e o atacante Guilherme Parede.

O Inter de Zé Ricardo deve ir a campo com Danilo Fernandes; Heitor, Moledo, Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Patrick, Guilherme Parede, D'Alessandro (Neílton) e Wellington Silva; Guerrero. No primeiro turno, o time de Odair Hellmann foi escalado com Lomba; Zeca, Klaus, Bruno Fuchs (Victor Cuesta) e Natanael; Rithely, Nonato, Sarrafiore, Neílton (Parede) e Wellington Silva; Tréllez (Pedro Lucas).

Em sétimo lugar no Campeonato Brasileiro, o Inter soma 46 pontos – seis atrás do São Paulo, o quarto colocado, posição que garante vaga direta na próxima Libertadores. O Ceará, com 33, ocupa o 15º posto da tabela, e tenta se distanciar da zona de rebaixamento.