Inter e Juventude começam a decidir a vaga
Correio do povo Logo

Receba as principais notícias do Inter no seu WhatsApp

Inscrever-se WhatsApp Logo

Inter e Juventude começam a decidir a vaga

Depois de dois adiamentos em função das enchentes, equipes se encontram hoje pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil

João Paulo Fontoura

Treino do Inter em Alvorada.

publicidade

Superar é um verbo que ajuda a contextualizar o reencontro de Inter e Juventude esta noite no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Nas arquibancadas do Beira-Rio, a partir das 19h, a torcida colorada terá de superar a desconfiança atual com Eduardo Coudet. Na casamata o treinador precisará de serenidade para vencer a pressão instalada desde domingo. E no campo o time necessitará de superação para ignorar os vários desfalques. Do outro lado, o time de Roger Machado haverá de deixar de lado o fato de ter eliminado o rival no Gauchão e chegar mais confiante para o confronto sabendo que nada disso importa quando a bola rolar no Beira-Rio.

Adiado duas vezes por conta das chuvas de maio, o duelo carrega ainda as consequências das enchentes. Não diretamente, mas na dificuldade criada a partir de então com a interrupção da normalidade dos trabalhos. Ainda mais quando ele tem uma marca registrada, como vinha sendo o time de Coudet. "Não tem como jogar da mesma maneira que jogávamos antes depois de 30 dias parados.

Entramos em campo a cada 72 horas. Praticamente não treinamos entre um jogo e outro", justificou o argentino que talvez só saiba hoje com quem poderá contar. Tem sido assim desde a maratona de jogos. O treinador consulta o departamento médico na manhã nos jogos para saber se o que testou na véspera poderá ser usado de fato na prática. pois os problemas aparecem de última hora, fruto do desgaste.

De certo, a volta de Valencia é a melhor notícia. Descansado após a volta da Copa América, reside no equatoriano a expectativa pela volta do ataque, ainda sem Borré, voltar a funcionar. Outra certeza é a presença de Anthoni no gol nas impossibilidades de Rochet, na seleção uruguaia e Fabrício, com participação pelo Nova Iguaçu na Copa do Brasil. Sem Renê, Robert Renan segue na lateral esquerda. No meio está o maior leque de opções. Rômulo, Bruno Henrique, Bruno Gomes e até Thiago Maia, em recuperação de lesão, em tese, brigam por duas vagas. Mas também podem ser três, se preencher o setor forte do adversário for a ideia em detrimento do modelo tradicional que colocaria Wanderson com Wesley e Valencia no ataque.

Dependendo do resultado, o verbo superar poderá ter uma conotação diferente sábado, na volta no Alfredo Jaconi. O fato é que mais de dois meses depois da data original o confronto dessa noite de frio só terá o clima nos termômetros.

Copa do Brasil 2024 – Terceira fase

Inter

Anthoni, Bustos, Vitão, Fernando e Robert Renan; Rômulo, Bruno Henrique, Bruno Gomes (Thiago Maia) e Alan Patrick Wesley e Enner Valencia Técnico: Eduardo Coudet.


Juventude

Gabriel, João Luca,s Danilo Boza, Zé Marcos e Alan Ruschel; Caíque, Jadson, Jean Carlos e Lucas Barbosa; Erick Farias e Gabriel Taliari. Técnico: Roger Machado.


Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza-SP

Local: Beira-Rio, Porto Alegre

Horário: 19h


Mais Lidas

Confira a programação de esportes na TV desta terça-feira, 23 de abril

Opções incluem eventos de futebol e outras modalidades esportivas em canais abertos e por assinatura



Placar CP desta terça-feira, 23 de abril: confira jogos e resultados das principais competições de futebol

Acompanhe a atualização das competições estaduais, regionais, nacionais, continentais e internacionais

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895