capa

Odair lembra chances perdidas no Beira-Rio e lamenta perda de título “no detalhe”

Técnico do Inter valorizou trabalho e projetou conquistas no futuro

Por
Correio do Povo

Treinador foi expulso após pênalti marcado para o Grêmio

publicidade

Apesar dos ânimos acirrados devido às expulsões de Odair Hellmann e D’Alessandro por reclamações depois do pênalti marcado pelo árbitro Jean Pierre Lima, o clima no vestiário do Inter foi de valorização ao trabalho feito até aqui. Tanto Odair quanto o vice de futebol Roberto Melo falaram que os Gre-Nais da final do Gauchão – vencida pelo Grêmio, nos pênaltis – mostraram que o Colorado pode jogar de igual para igual com qualquer grande equipe.

“Esse grupo mostrou que está no caminho para conquistar algo. Hoje não deu, mas estamos no caminho certo. No futebol há uma exigência para as vitórias e os títulos, mas eu acredito que essa volta firme e forte vai levar aos títulos. Estamos doloridos porque não ganhamos, mas penso que o Inter voltou a disputar os títulos, a jogar de igual para igual, a ficar nas primeiras posições do Brasileirão. Certamente aí você vai conquistar. Esse é o caminho”, afirmou o técnico.

Em relação ao jogo dessa noite na Arena, o treinador admitiu que o Inter teve dificuldade para superar a pressão que o Grêmio costuma fazer quando retoma a bola e, por isso, levou pouco perigo a Paulo Victor. Odair lembrou as chances perdidas no Beira-Rio e disse que em casa o Colorado mereceu a vitória.

“Hoje tiramos muito as situações de jogo que o Grêmio tem de posse. Criamos as nossas oportunidades. Penso que foi uma decisão parelha, dura e disputada”, analisou. “Infelizmente, hoje nós não conseguimos vencer nos pênaltis. Penso que no Beira-Rio tivemos oportunidades mais claras. Se tivéssemos trazido um placar de vantagem, certamente poderíamos ter feito um outro jogo”, concluiu.

“Falei para os jogadores no vestiário sobre isso. Vamos voltar a disputar jogos decisivos, a jogar decisões e vai ser diferente. Quem trabalha dessa maneira acaba conquistando em algum momento”, completou.

Reclamações sobre a FGF

Ao longo da entrevista, Odair Hellmann foi questionado sobre a expulsão por reclamação, mas repetiu a postura do clássico do Beira-Rio de não comentar arbitragem. No mesmo tom, o vice de futebol Roberto Melo disse que o momento era de parabenizar o Grêmio pelo título e não de comentar os lances polêmicos do Gre-Nal. Melo, porém, fez críticas à Federação Gaúcha de Futebol. Segundo ele, a FGF tem beneficiado o Grêmio em algumas decisões.

“O Gre-Nal era para ser no domingo e acabou sendo hoje. O Grêmio está na dele em pedir o adiantamento, mas a gente quer igualdade. Tentamos mudar a data de um jogo que valia pouca coisa para não ficarmos 10 dias sem jogar e não conseguimos. A gente só quer igualdade de condições e isso não vem tendo. Foi assim na questão dos goleiros em 2017. Jogamos uma decisão com um goleiro lesionado, porque a FGF não deixou inscrever outro. Queremos igualdade de tratamento e isso não está acontecendo, apontou Roberto Melo.