“Vim para fazer minha história no Inter”, diz Anderson

“Vim para fazer minha história no Inter”, diz Anderson

Meia rebate críticas e garante que tem a confiança do grupo

Correio do Povo e Rádio Guaíba

Meia foi um dos autores dos gols na vitória contra o Brasil de Pelotas pelo Gauchão

publicidade

Em um dos períodos mais conturbados na sua trajetória pelo Inter, Anderson brilhou. Após uma semana em que conviveu com vaias e até se envolveu em uma discussão com uma torcedora na internet, o volante comandou a reação colorada que culminou na virada sobre o Brasil de Pelotas, na quinta.

Anderson foi escalado para conceder entrevista coletiva nesta sexta, na qual garantiu: empenho nunca faltou. “Sei que cada vez que eu trabalhar, vai melhorar”, enfatizou ele, que elogiou o coordenador de preparação física do clube, Elio Carravetta. “Estou trabalhando para conseguir os objetivos.”

Ainda que conviva com a desconfiança pelo passado no Grêmio, Anderson ressaltou que vive o Inter. “Quero fazer a minha história aqui no Inter”, garantiu. “É um clube que abriu as portas para mim, e eu vim pra trabalhar sério.”

E para marcar a história, assegurou que conta com a confiança do grupo. “Eu sei a qualidade que tenho e meus companheiros também sabem. Vim de dois anos de lesões e nunca deixei de trabalhar”, acrescentou ele.

“Temos que ganhar”

Após a virada sobre o Brasil, Anderson salientou a necessidade do Inter vencer o Glória, no próximo domingo. "Nós temos que ganhar, temos que fazer os três pontos de qualquer jeito, não interessa", enfatizou.

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895