Maicon reconhece começos ruins em jogos prejudicando o Grêmio

Maicon reconhece começos ruins em jogos prejudicando o Grêmio

Capitão projetou luta pela ponta nos confrontos diretos do Brasileirão

AE

Volante reconheceu dificuldades para atuar partidas inteiras

publicidade

O empate do Grêmio com o Atlético-MG, nesta quarta-feira, frustrou os jogadores, mas não tirou a confiança em manter uma campanha de disputa com os líderes. O capitão Maicon reconheceu o começo ruim do Tricolor, mas salientou a capacidade de recuperação que manteve a invencibilidade no campeonato nacional.

Para Maicon, os confrontos diretos deixam o time na briga pelo título. O Tricolor ainda enfrenta Inter, Flamengo e São Paulo. Serão jogos decisivos, confrontos diretos, chamados de jogo de seis pontos onde quem vence sobe na tabela.

"Vamos pegar adversários que brigam pelo título, nós também estamos. O empate é sempre ruim. Começamos a partida muito abaixo do que podemos apresentar. Começamos hoje e contra o Palmeiras muito mal, a gente sabe, não tem porque esconder, até porque está todo mundo vendo o jogo. É levar isso como aprendizado. Tem que botar a bola no chão, contra o Palmeiras botamos a bola no chão e empatamos", avaliou.

Agora com 51 pontos no Brasileirão, o Grêmio faz o clássico Gre-Nal com o Internacional, às 16h de domingo, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Maicon admitiu que não deve ter condições de começar o jogo. "É difícil pra mim. Eu quero jogar mais, mas infelizmente não consigo", encerrou o meio-campista.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895