Manchester United vence Ajax, conquista Liga Europa e vai à Champions

Manchester United vence Ajax, conquista Liga Europa e vai à Champions

Vitória por 2 a 0 foi dedicada às 22 vítimas do atentado terrorista ocorrido ontem em sua cidade sede

AFP

Vitória por 2 a 0 foi dedicada às 22 vítimas do atentado terrorista ocorrido ontem em sua cidade sede

publicidade

O Manchester United se sagrou campeão da Liga Europa nesta quarta-feira ao derrotar por 2 a 0 o Ajax na final em Solna, na Suécia, um título que pôde dedicar às vítimas do atentado terrorista de segunda-feira que deixou 22 mortos em Manchester.

O ataque ocorrido na saída de um show da cantora pop americana Ariana Grande marcou os últimos dias de preparação para a final, que foi decidida com gols do francês Paul Pogba, aos 18 minutos de jogo, e do armênio Henrikh Mkhiaryan, aos 3 do segundo tempo.  O United, que terminou a recém-encerrada temporada da Premier League na 6ª colocação, fora da zona de classificação para a Liga dos Campeões, consegue assim uma vaga na maior competição de clubes do mundo.

Com o vitória, o United conquista o único troféu que nunca havia erguido em sua história e se une ao grupo de times ingleses sagrados campeões da segunda competição europeia: Tottenham (1972 e 1984), Liverpool (1973, 1976 e 2001), Ipswich Town (1981) e Chelsea (2013).

O time de José Mourinho acabou com a impressionante hegemonia espanhola em competições europeias que perdurava desde 2014, com o Sevilla se sagrando tricampeão da Liga Europa (2014, 2015, 2016), enquanto Real Madrid (2014, 2016) e Barcelona (2015) dominaram a Liga dos Campeões.

United se impõe


Apesar dos diversos desfalques, como do atacante sueco Zlatan Ibrahimovic e dos zagueiros Luke Shaw e Eric Bailly, o United, liderado por Pogba, mostrou ser uma equipe mais completa e madura desde o início do jogo e criou melhores chances de abrir o placar.

O meia francês, que já havia assustado o gol de Onana com dois minutos de jogo num chute de fora da área, tentou a sorte novamente aos 18 e, desta vez deu certo. O chute rasteiro acabou encontrando desvio nas pernas do zagueiro colombiano Davinson Sánchez e pegando o goleiro camaronês no contrapé, antes de morrer no fundo das redes holandesas.

A abertura do placar era tudo que José Mourinho queria. Com a vantagem, sua equipe, famosa pela forte marcação no meio de campo, poderia esperar um erro do jovem time do Ajax, com média de idade de 22 anos, para partir no contra-ataque e selar o jogo. A estratégia deu certo. O Ajax foi com ímpeto ao ataque, sempre apostando na velocidade dos atacantes Traoré e e Younes e na pontaria de Dolberg, mas encontrava dificuldade para finalizar ao gol de Romero.

Enquanto isso, o United tentava acionar Rashford com lançamentos longos, mas o jovem jogador inglês, muito isolado, desperdiçava os duelos que teve com os zagueiro do do Ajax.

Inexperiência holandesa


Para piorar a já delicada situação do Ajax, qualquer conversa ou ajuste no intervalo foi por água abaixo logo aos 3 minutos da segunda etapa, quando o United ampliou a vantagem. No lance, um escanteio cobrado por Juan Mata, Smalling apareceu para desviar e Mkhitaryan pegou de puxeta, marcando o segundo gol dos Diabos Vermelhos.

Perdendo por dois gols, a imaturidade do jovem time holandês começou a se fazer perceber. Desesperados, os comandados de Peter Bosz abusavam das jogadas individuais e centralizavam demais o ataque, esbarrando a cada tentativa na muralha armada por Mourinho. Com isso, o goleiro Sergio Romero se tornou apenas um expectador da partida e fez apenas uma defesa no segundo tempo, num chute de Van de Beek que o argentino segurou sem dificuldades, aos 40.

Com o título definido, José Mourinho encontrou tempo para homenagear o maior artilheiro da história do Manchester United, o atacante Wayne Rooney, que, possivelmente em sua última partida com o clube, entrou em campo nos acréscimos para receber a faixa de capitão das mãos de Valencia, os aplausos de sua torcida e o troféu de campeão da Liga Europa.

Mais Lidas

Confira a programação de esportes na TV desta terça-feira, 23 de abril

Opções incluem eventos de futebol e outras modalidades esportivas em canais abertos e por assinatura



Placar CP desta terça-feira, 23 de abril: confira jogos e resultados das principais competições de futebol

Acompanhe a atualização das competições estaduais, regionais, nacionais, continentais e internacionais

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895