Mecânico da Ferrari passa bem após cirurgia na perna

Mecânico da Ferrari passa bem após cirurgia na perna

Francesco Cigarini foi atropelado por Raikkonen no GP do Bahrein saindo do pit stop

AE

Francesco Cigarini foi atropelado por Raikkonen no GP do Bahrein saindo do pit-stop

publicidade

O mecânico da Ferrari Francesco Cigarini utilizou as redes sociais nesta segunda-feira para informar que passa bem após cirurgia na perna esquerda. No domingo, ele protagonizou o momento de principal tensão no GP do Bahrein de Fórmula 1. O finlandês Kimi Raikkonen atropelou o mecânico na saída de um pit stop. O funcionário da Ferrari teve duas fraturas expostas após ter a perna esmagada por uma das rodas traseiras do carro. "A cirurgia foi OK. Preciso agradecer a todas as pessoas que se preocuparam comigo. Nada mais, apenas um muito obrigado. Abraços", escreveu Francesco no Instagram.




Raikkonen foi um entre os mais de 30 mil que curtiu o post. A Ferrari informou que o mecânico fraturou a tíbia e a fíbula no acidente. O atropelamento aconteceu quando Cigarini se preparava para encaixar um novo pneu traseiro esquerdo, mas houve um problema para remoção da roda e ele ainda não havia se movimentado para trás antes de Raikkonen receber a luz verde para deixar os boxes.

Por causa do grave acidente, a Ferrari foi punida com uma multa de 50 mil euros (cerca de R$ 206 mil) pelos comissários da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). Raikkonen se pronunciou sobre o acidente ainda no domingo. "Meu trabalho é sair quando as luzes mudam para a cor verde. Essa é a única coisa que olhamos (na hora das trocas de pneus). Infelizmente, um dos caras (mecânicos) pagou um preço alto por qualquer erro. Então, com certeza, isso não é muito bom".

Sobre o estado de saúde do mecânico, o finlandês disse também ter a "certeza de que há as melhores pessoas possíveis para cuidar dele" e afirmou "esperar que ele melhore" o mais rápido possível após o grave acidente. A próxima etapa da Fórmula 1 será realizada já neste domingo, quando Xangai abrigará o GP da China, onde Sebastian Vettel lutará para conquistar a sua terceira vitória em três corridas neste Mundial - o alemão venceu na Austrália e no Bahrein até aqui.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895