capa

Nadadora gaúcha conquista mais um título nacional no Maria Lemke

Viviane Jungblut foi a melhor do país nos 1500 metros livre

Por
Correio do Povo

Nadadora obteve marca dentro do índice para o Mundial da modalidade

publicidade

Depois de ganhar prata na maratona de 5 quilometros e de ser a melhor brasileira nos 800 metros livres feminino, a nadadora gaúcha Viviane Jungblut, do Grêmio Náutico União, voltou a subir ao pódio no Troféu Brasil Maria Lenk, no Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira. Com o tempo de 16min30s00 (dentro do índice para o Mundial, que é de 16min32s04), a atleta gaúcha foi a melhor do país na prova dos 1500m livres feminino e se sagrou campeã brasileira.

Viviane chegou em segundo lugar, à frente da experiente Ana Marcela Cunha. A medalha de ouro na prova foi para a argentina Delfina Pignatiello, do Pinheiros, que, devido à sua nacionalidade, não concorre ao campeonato brasileiro. A jovem prodígio, que completa 19 anos nesta sexta, marcou 16min15s20. O quarto lugar foi de outra gaúcha, Betina Lorscheitter, ex-União, que agora defende o Corinthians.

Campeã da distância nas edições de 2017 e 2018, Viviane conquistou o título pelo terceiro ano seguido. “Com certeza é muito importante estar sempre no pódio, isso mostra que estamos no caminho certo. Os treinos para piscina e para maratona são diferentes, mas sem dúvida o fato de eu estar treinando para maratonas acaba me ajudando na piscina”, disse a gaúcha.

Com a conquista, ela supera o retrospecto de Poliana Okimoto, que na mesma prova foi campeã em duas edições seguidas. Viviane já está classificada para representar o Brasil nas águas abertas no Pan e no Mundial. Com o tempo desta quinta, é postulante também a integrar a equipe para a maior prova das piscinas.