Nadadora Regan Smith bate recorde mundial dos 100m costas

Nadadora Regan Smith bate recorde mundial dos 100m costas

Norte-americana cravou 57,13s baixando marca anterior de australiana

AFP

Nadadora tenta recuperar hegemonia da prova em Paris

publicidade

A nadadora dos Estados Unidos Regan Smith bateu o recorde mundial dos 100m costas nesta terça-feira (18), durante a seletiva norte-americana para os Jogos Olímpicos de Paris (26 de julho a 11 de agosto). Ao vencer em 57,13 segundos, Smith superou o recorde estabelecido pela australiana Kaylee McKeown (57,33s) em outubro de 2023, que na semana passada nadou a mesma distância em 57,41s durante as seletivas australianas.

'Faz parte do plano', disse Regan Smith sobre recuperar o recorde que lhe pertencia em 2019. Ela havia mostrado suas ambições ao diminuir seu recorde americano para 57,47s na semifinal. Enfrentando Katharine Berkoff, que a levou ao limite na piscina do Lucas Oil Stadium, Smith conseguiu bater o recorde de McKeown em 0,20s no final da prova. 'Estou muito orgulhosa de mim mesma', respondeu Smith, que conquistou duas medalhas de prata e uma de bronze nas Olimpíadas de Tóquio em 2021. 'O nado costas às vezes é difícil para mim, mas lutar assim e recuperar (esse recorde) significa muito'.

Berkoff terminou em segundo lugar com 57,91s, anunciando assim uma poderosa dupla americana no evento de Paris.


Mais Lidas

Confira a programação de esportes na TV desta terça-feira, 23 de abril

Opções incluem eventos de futebol e outras modalidades esportivas em canais abertos e por assinatura



Placar CP desta terça-feira, 23 de abril: confira jogos e resultados das principais competições de futebol

Acompanhe a atualização das competições estaduais, regionais, nacionais, continentais e internacionais

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895