Mayra Aguiar batiza escola em projeto da prefeitura do Rio de Janeiro
capa

Mayra Aguiar batiza escola em projeto da prefeitura do Rio de Janeiro

Judoca gaúcha levou medalha olímpica na homenagem pelas conquistas

Por
Correio do Povo

Judoca gaúcha levou medalha olímpica na homenagem pelas conquistas

publicidade

As conquistas da judoca Mayra Aguiar, a partir de agora, estão além das medalhas e dos tatames. A gaúcha participou do batismo de uma instituição de ensino com o seu nome no Rio de Janeiro, palco de sua segunda medalha de bronze na Rio 2016. A Escola Municipal Medalhista Olímpica Mayra Aguiar da Silva fica na Rua Frei Timóteo, esquina com Estrada do Campinho, em Inhoaíba, na Zona Oeste. O local atenderá 840 alunos, do 7º ao 9º ano.

“Nunca esperava ter uma escola com o meu nome e é uma honra estar aqui e conhecer esse espaço que é muito bacana. Não tenho palavras para agradecer à cidade do Rio de Janeiro”, destacou Mayra. “Espero que a educação traga humanidade e conhecimento aos alunos. Também espero que os alunos se dediquem, estudem e sejam brasileiros especiais para colocar o Brasil para frente. Para ter um futuro brilhante é preciso dedicação e comprometimento. E isso a gente acha no esporte e na vida”, afirmou Mayra.

A iniciativa do governo municipal do Rio deverá homenagear os medalhistas do Brasil nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 para reconhecer o esforço e a superação dos atletas brasileiros, além de incentivar as novas gerações. Pelo decreto nº 42077, do dia 3 de agosto, as novas Escolas Municipais, Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) e Clínicas da Família a serem entregues à população carioca ainda no exercício de 2016 levarão, excepcionalmente, nomes de atletas brasileiros medalhistas nas duas competições.

Antes de Mayra, os outros dois judocas brasileiros que subiram no pódio no Rio-2016, Rafaela Silva e Rafael Silva, já haviam sio homenageados batizando outras instituições de ensino no Rio. Nesta sexta, além de Mayra, foi batizado de Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) Ágatha Bednarczuk Rippel, em Curicica, em homenagem à medalhista de prata no vôlei de praia.