Prefeitura mantém proibição de jogos de futebol em Porto Alegre

Prefeitura mantém proibição de jogos de futebol em Porto Alegre

Decisão tomada pelo aumento da taxa de ocupação de UTI obrigará o Gre-Nal a ser jogado em outra cidade

Correio do Povo

Clássico Gre-Nal estava marcado para o estádio Beira-Rio

publicidade

A prefeitura de Porto Alegre divulgou nota nesta sexta-feira informando que as partidas de futebol seguem suspensas na Capital. Segundo o comunicado, o aumento da taxa de ocupação de leitos de UTI na cidade obriga o Executivo a manter a restrição temporária. Com a decisão, o Gre-Nal do Gauchão da próxima quarta-feira será realizado em Caxias do Sul

“Apesar do acompanhamento técnico e de protocolos criados pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), o momento da pandemia na cidade não permite a realização de eventos desse porte”, afirma o texto da nota oficial.

A Prefeitura promete seguir avaliando a situação e manterá contato direto com a FGF e com os clubes da cidade “para que todas as medidas a serem adotas sejam pensadas com base na segurança de toda a população de Porto Alegre”.

Taxa de ocupação de UTIs de Porto Alegre ultrapassa 90%

Na quinta-feira, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que, pela primeira vez desde o começo da pandemia da Covid-19, em março, a taxa de ocupação nas UTIs do sistema de Saúde de Porto Alegre ultrapassou os 90%. Durante a noite, o painel de monitoramento feito pela SMS indicava 90,85% da capacidade hospitalar preenchida.

A cidade registrou até a noite de quinta-feira 192 mortes decorrentes da Covid-19. O número de pessoas com o novo coronavírus era de 5.860 e outras 8.185 ainda não tinham a confirmação. Porto Alegre tinha 252 pacientes com confirmação da doença em UTIs e 44 pacientes que ainda aguardavam a confirmação.

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895