Brasil enfrenta a Bolívia na estreia da Copa América
capa

Brasil enfrenta a Bolívia na estreia da Copa América

Primeiro jogo da Seleção na competição acontece às 21h30min, no Morumbi

Por
Chico Izidro

Último treino da Seleção foi no gramado do Morumbi, palco da estreia desta noite

publicidade

A Copa América tem início nesta sexta-feira, com o anfitrião Brasil recebendo a Bolívia no Morumbi, em São Paulo, às 21h30min, em confronto do Grupo A. Ainda na chave estão a Venezuela e o Peru, que se enfrentam neste sábado, às 16h, na Arena do Grêmio. A Seleção Brasileira tenta recuperar a hegemonia da competição, que venceu pela última vez em 2007 - a Canarinho detém oito títulos do torneio continental e faturou o último disputado no país, há exatos 30 anos. 

Além de São Paulo, com dois estádios recebendo os jogos (Morumbi e Itaquerão), a Copa América terá partidas na Arena do Grêmio, no Mineirão, em Belo Horizonte (ambos palcos das semifinais), na Fonte Nova, em Salvador, e no Maracanã, no Rio de Janeiro. Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela são os países que disputarão a competição sul-americana, assim como Japão e Catar, convidados.

• ACOMPANHE A PARTIDA MINUTO A MINUTO ÀS 21h30min

A Seleção Brasileira não perde um jogo desde a Copa do Mundo, no ano passado. De lá para cá, foram quatro partidas, sendo três vitórias e um empate. No último domingo, os comandados de Tite golearam Honduras por 7 a 0 no Beira-Rio. Mas a equipe não poderá contar com o seu principal jogador, o atacante Neymar, que sofreu uma ruptura ligamentar no tornozelo direito durante o amistoso com o Catar, na semana passada, em Brasília. Para seu lugar foi convocado Willian, do Chelsea, mas que deve ficar no banco de reservas. No setor ofensivo, o centroavante Roberto Firmino foi confirmado para começar a partida.

O favorito para entrar na vaga de Neymar é o garoto David Neres, de ótima atuação diante de Honduras - corre por fora o gremista Everton. E a dúvida para o posto do lesionado Arthur é entre Allan e Fernandinho. 

A Bolívia não realiza uma boa temporada. Fez quatro jogos neste ano e ainda não venceu. Foram três derrotas e um empate. O último jogo foi uma derrota por 2 a 0 para a França. Seu destaque é um conhecido dos brasileiros, o atacante Marcelo Moreno, ex-Grêmio. Aos 31 anos, o atleta chega a sua terceira participação em Copa América, após aparição no torneio de 2011, onde não marcou gols, e no de 2015, quando anotou dois gols e deu uma assistência. Moreno está desde 2015 no futebol chinês, atualmente no Shijiazhuang Ever Bright, despontou para o futebol no Brasil, participando das Seleções Brasileiras Sub-17 e Sub-20. 

O argentino Néstor Pitana será o árbitro de Brasil e Bolívia. Pitana foi quem apitou a final da Copa do Mundo do ano passado, na Rússia, quando a França bateu a Croácia. Ele será auxiliado dentro de campo por outros dois compatriotas: Hernán Maidana e Juan P. Belatti. O VAR, árbitro-assistente de vídeo, também será um argentino, Patricio Loustau.

Copa América 2019 - Primeira fase

Brasil 
Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Casemiro, Allan e Coutinho; Richarlison, David Neres e Roberto Firmino. Técnico: Tite

Bolívia
Lampe; D. Bejarano, Haquín, Jusino e M. Bejarano; Chumacero, Saavedra, Justiniano, Gallindo e Raúl Castro; Marcelo Moreno. Técnico: Eduardo Villegas

Árbitro: Néstor Pitana (ARG)
Data e hora: 14/06/2019, 21h30min
Local: Estádio Morumbi, em São Paulo (SP)