capa

Daniel Alves é cortado da Seleção e Fagner é chamado para amistosos

Brasil enfrenta Portugal e República Tcheca na data Fifa

Por
AE

Fagner foi convocado para substituir Daniel Alves na Seleção Brasileira

publicidade

A CBF anunciou nesta segunda-feira o corte do lateral-direito Daniel Alves, do Paris Saint-Germain, por causa de uma lesão no joelho esquerdo e a convocação de Fagner, do Corinthians, para os amistosos da Seleção Brasileira contra o Panamá neste sábado, em Porto, em Portugal, e contra a República Tcheca, na terça seguinte, em Praga. Aos 29 anos, Fagner tem oito jogos pela seleção, sendo quatro deles disputados na última Copa do Mundo, na Rússia. No Mundial, o lateral-direito já havia herdado o lugar de Daniel Alves e acabou sendo titular depois que Danilo também se machucou.

Segundo a CBF, o jogador do Corinthians se apresentará nesta terça-feira, juntamente com o atacante Everton, do Grêmio. Após ser definida a desconvocação de Daniel Alves, o coordenador da seleção, Edu Gaspar, entrou em contato com o Corinthians para comunicar a decisão de chamar Fagner. "O Fagner nunca saiu do nosso radar de observações. Estamos falando de um jogador que esteve conosco na Copa do Mundo e que sabemos da qualidade e do que pode entregar nos jogos deste período Fifa", disse.

Edu também ressaltou a importância de Daniel Alves para a Seleção Brasileira e garantiu que o lateral-direito seguirá sendo observado pela comissão técnica. "Não fechamos as portas para os atletas. Ainda mais para um líder e um jogador da importância do Dani dentro do futebol e da seleção. Falamos com ele hoje (segunda-feira) e desejamos sua pronta recuperação", completou.

Na vitória do Paris Saint-Germain no clássico contra o Olympique de Marselha por 3 a 1, no domingo, no Parque dos Príncipes, pelo Campeonato Francês, Daniel Alves sentiu dores no joelho esquerdo quando pisou no chão após uma disputa de cabeça ainda no primeiro tempo. Deixou a partida antes do final e fez exames médicos na capital francesa. A convocação de Daniel Alves para os amistosos na Europa foi a primeira desde março do ano passado, quando sofreu uma lesão que o tirou da Copa do Mundo.

Os dois próximos amistosos são os últimos antes da convocação que o técnico Tite fará em maio para a Copa América. A competição vai ser disputada no Brasil entre os dias 14 de junho e 7 de julho.