Em Porto Alegre, Brasil e Paraguai abrem mata-mata da Copa América na noite desta quinta-feira
capa

Em Porto Alegre, Brasil e Paraguai abrem mata-mata da Copa América na noite desta quinta-feira

Partida válida pelas quartas de final da competição acontece a partir das 21h30min, na Arena do Grêmio

Por
Chico Izidro

Seleção treinou no CT Luiz Carvalho antes do duelo contra o Paraguai

publicidade

Agora não há mais espaço para erros. Com Brasil e Paraguai nesta quinta-feira, às 21h30min, na Arena do Grêmio, começam as quartas de final da Copa América. Quem ganhar avança, quem perder está fora. E o vencedor vai à semifinal, na terça-feira, no Mineirão, diante do ganhador do confronto entre Venezuela e Argentina, que se enfrentam na sexta-feira, no Maracanã. Em caso de empate nos 90 minutos, a vaga será definida nos pênaltis.

A Seleção Brasileira avançou como primeira do Grupo A, com 7 pontos. Os paraguaios, por sua vez, chegam ao mata-mata com a pior campanha entre os oito classificados. Acumularam somente dois pontos na primeira fase, sendo o último time a conseguir um lugar nas quartas de final. Precisou contar com o empate entre Equador e Japão, por 1 a 1, para ficar com o segundo lugar destinado aos melhores terceiros colocados na repescagem. 

ACOMPANHE A PARTIDA MINUTO A MINUTO ÀS 21h30min

A equipe guarani, no entanto, é um carrasco recente do Brasil, pois eliminou os canarinhos em duas das últimas três edições da Copa América: em 2011, na Argentina, e 2015, no Chile. Nas duas oportunidades, a queda brasileira aconteceu nas quartas de final e nos pênaltis, depois de empate no tempo normal. Na edição centenária de 2016, nos Estados Unidos, o Brasil não passou da primeira fase, com derrota para o Peru e a queda de Dunga, que deu lugar a Tite.

E o Brasil, sob o comando do treinador gaúcho, na goleada de 5 a 0 sobre o Peru no sábado, parece ter finalmente encontrado o seu rendimento ofensivo. A evolução apresentada na partida garante a vaga de titular ao gremista Everton Cebolinha no ataque, no lugar de David Neres. 

O desfalque será o volante Casemiro, suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos. Fernandinho formaria dupla com Arthur. No entanto, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, Tite confirmou Allan, do Napoli, como titular na posição.

O Paraguai, em duas últimas dez apresentações, venceu apenas uma vez. Sofreu cinco derrotas e empatou quatro confrontos. Além disso, nas três edições mais recentes da Copa América, o time ganhou apenas uma partida, mas mesmo assim foi finalista em 2011. Agora, o destaque do time tem sido o goleiro Gatito Fernandez, eleito o melhor em campo nos três jogos da primeira fase. Na zaga, a imprensa e a torcida paraguaia contentam a presença de Alonso ao lado de Gustavo Gomez, e pedem a presença de Balbuena, ex-Corinthians. 

O selecionado paraguaio, em suas últimas dez apresentações, venceu apenas uma vez. Sofreu cinco derrotas e empatou quatro confrontos. Além disso, nas três edições mais recentes da Copa América, o time ganhou apenas uma partida, mas mesmo assim foi finalista em 2011. 

O último confronto entre Brasil e Paraguai foi em março de 2017, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. A Seleção Brasileira venceu por 3 a 0, no Itaquerão. 

Copa América 2019 - Quartas de final 

Brasil
Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Filipe Luís; Allan, Arthur, Philippe Coutinho e Everton; Gabriel Jesus e Roberto Firmino. Técnico: Tite.

Paraguai
Gatito Fernández; Iván Piris, Gustavo Gómez, Junior Alonso e Santiago Arzamendia; Rodrigo Rojas, Richard Sánchez, Matías Rojas e Derlis González; Federico Santander e Miguel Almirón. Técnico: Eduardo Berizzo 

Data e hora: Quinta-feira, 27 de junho, às 21h30min

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS) 

Árbitro: Roberto Tobar: (CHI)