Bernardo teria sofrido negligência do pai e madrasta
capa

Bernardo teria sofrido negligência do pai e madrasta

Informações vieram à tona após a morte do menino, em 2014

Por
Henrique Massaro

Clima familiar a que ele era submetido na casa de Boldrini não era desconhecido das autoridades

publicidade

Assim que o corpo de Bernardo foi encontrado, começaram a vir à tona relatos que até então só eram conhecidos pelos cidadãos trespassenses. Notícias da época davam conta de que a vítima era constantemente negligenciada pelo pai e pela madrasta, com quem brigava constantemente. Em um deles, o filho chega a pegar uma faca para tentar impedir a gravação, enquanto o pai provoca. Em outro, o menino chora dentro de um armário. Em entrevistas e audiências da época, foi denunciado que o menino, apesar de pertencer a uma família de classe média alta, era visto malvestido e até que era proibido de se alimentar quando Graciele cozinhava.

Essa questão fez parte de um dos relatos da audiência de instrução da morte, em setembro de 2014, no fórum de Três Passos, dado por Juçara Petry. Ela contou que costumava dar roupas a Bernardo, e que seu marido, José Carlos Petry, o ajudava a resolver os temas da escola. Também ouvido, José Carlos relatou que o menino demonstrava sentir falta de carinho e atenção, além de ter revelado que chegou a pagar uma consulta no consultório de Leandro Boldrini para falar com o pai sobre os problemas do filho. O casal, que afirmou não ter presenciado ou tido relatos de ameaças a Bernardo, chegava a abrigar o garoto em sua casa.

Os Petry chegaram a ser apontados pelo próprio Bernardo como uma possível família adotiva, o que mostra que o clima familiar a que ele era submetido na casa de Boldrini não era desconhecido das autoridades. Para reclamar de falta de cuidados e negligência, em janeiro de 2014, o menino tomou a iniciativa de procurar o Ministério Público de Três Passos. A avó materna – a mãe de Odilaine Uglione, morreu em 2010 -, Jussara Uglione também chegou a pedir a guarda. Em fevereiro, no entanto, em uma audiência, após admitir que a relação entre seu filho e sua esposa era ruim, o pai pediu uma nova chance e manteve a guarda do garoto.