Hospital Universitário da FURG prepara retomada de funcionamento

Hospital Universitário da FURG prepara retomada de funcionamento

Os atendimentos haviam sido suspensos em função da enchente causada pela cheia na Lagoa dos Patos

Angélica Silveira

Os funcionários foram todos convocados para auxiliar nos preparativos para a retomada de atendimendos

publicidade

O Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr., da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg) começou os preparativos de organização da estrutura para voltar a atender pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A primeira etapa compreende a reocupação do térreo que havia sido esvaziado para evitar danos aos móveis e equipamentos hospitalares devido aos alagamentos provocados pela suba da Lagoa dos Patos.

O Hospital, por determinação do Governo do Estado, havia suspendido o recebimento de novos pacientes no último dia 16 e precisou transferir os internados. O prédi foi totalmente desocupado no dia 22 de maio. A suspensão nos atendimentos foi tomada como forma de segurança, já que o Hospital está localizado em uma área considerada de risco.

A superintendente do HU-Furg, Sandra Brandão, explica que com a baixa dos níveis da Lagoa dos Patos e as previsões de estabilidade foi possível tomar a decisão de preparar o Hospital para voltar a operar. No entanto, ela destaca que para isso é preciso ter a liberação da Secretaria Estadual da Saúde e que tudo está sendo feito para deixar o hospital pronto o quanto antes. “Convocamos todos os funcionários e vamos organizar o local. Nossa preocupação é com as pessoas que deixaram de ser atendidas, que estão no aguardo de uma consulta ou que precisam de internação”, ressalta. O HU é referência em média e alta complexidade para 22 municípios da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde e também, em alta complexidade para seis municípios da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde. A direção espera que até o próximo dia 10 o hospital volte a operar a pleno. Enquanto isto não ocorre, serviços oferecidos pelo HU foram realocados para manter o atendimento a população. Os pacientes agendados serão informados pelo telefone sobre a troca de local.

Os serviços realizados pelos ambulatórios de Gestação de Alto Risco e de Infectologia e Banco de Leite foram realocados no Campus Carreiros. Já a farmácia do SAE Infectologia/Hospital-Dia, o posto de coleta do Laboratório de Análises Clínicas e a Anatomia Patológica estão funcionando provisoriamente no Hospital de Cardiologia da Santa Casa do Rio Grande.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895